Conheça 3 técnicas de combate a incêndios no campo

Com tempo seco, o inverno é marcado pela recorrência de queimadas

Conheça 3 técnicas de combate a incêndios no campo

O inverno começa em 21 de junho e se encerra em 22 de setembro. Este período tradicionalmente é marcado pelo tempo seco, sem chuvas, que é propício para o alastramento de queimadas no campo. Além de serem prejudiciais para o meio ambiente e perigosos para a vida humana, os incêndios são uma ameaça enorme para o produtor rural, que corre o risco de perder suas produções, equipamentos e pode ter infraestruturas danificadas.

Como explicamos anteriormente, existem tipos diferentes de labaredas, que queimam de maneiras específicas, podendo causar mais ou menos estrago, com maior ou menor dificuldades para serem contidas. Sendo assim, para a proteção das famílias rurais e do seu patrimônio, é importante ter conhecimento sobre técnicas de combate a queimadas no campo, em caso de emergência e ausência do corpo de bombeiros.

Há 3 maneiras de aplacar as chamas, são elas:

  • Abafamento: quando é feita a retirada do comburente (oxigênio) para impedir que o fogo continue a se propagar, pois sem o oxigênio o fogo não existe. O abafo é feito com tampas, abafadores, terra e panos molhados para eliminar o oxigênio.
  • Isolamento: a retirada do material combustível que está no incêndio ou que pode propagar o fogo.
  • Resfriamento: é a retirada do calor, geralmente feita com água. Como resultado, a redução ou o resfriamento total do foco de incêndio acabará com o fogo.

Para combater as chamas, entretanto, é preciso possuir equipamentos de proteção, como camisa manga longa, calça comprida e botas longas, óculos de proteção, boné ou capacete, luvas de couro e máscara.

Notícias Relacionadas:

4 aplicações da internet 5G no agronegócio

Segundo o governo federal, a conexão 5G deve chegar ao Brasil em 2022

Confira 4 dicas para otimizar a colheita do milho

Com a abertura da colheita do milho, é necessário realizar bem esse processo para não sofrer com excessivas perdas

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Em São Paulo, o mercado de suínos está aquecido e com preços vantajosos ao produtor