5 dicas de prevenção e combate a incêndios no campo

Incêndios no campo são um grande risco para o produtor rural, especialmente neste período de estiagem. Saiba como prevenir.

Incêndios no campo

Afinal, o fogo é capaz de causar prejuízos sobre a área plantada, levar a perda de animais e gerar danos irreparáveis a recursos e equipamentos.

Para isso, o SENAR-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) disponibiliza uma cartilha com dicas para que o homem do campo aprenda a agir contra queimadas.

É importante destacar que as medidas indicadas não substituem a necessidade de se pedir socorro aos serviços de bombeiros, especializados neste tipo de situação.

Abaixo, você confere o que é preciso para evitar a propagação de chamas:

Identifique a classe do incêndio

No total, existem quatro tipos de queimada:

Tipo A: acontece em materiais sólidos inflamáveis, como madeira, borracha, espuma e tecido. Esta classe queima em superfície e profundidade e deixa resíduos.

Tipo B: ocorre em líquidos inflamáveis como álcool, gasolina e solventes, consumindo superfícies, mas sem deixar resíduos.

Tipo C: provém de materiais energizados ligados diretamente à energia elétrica.

Tipo D: é o incêndio gerado de materiais pirofóricos como alumínio, antimônio, magnésio, entre outros. É o mais difícil de combater.

Tenha equipamentos de proteção individual

Além de camisa manga longa, calça comprida e botas longas, tenha à disposição em sua propriedade óculos de proteção, boné ou capacete, luvas de couro e máscara para proteger o rosto.

Conheça os materiais de combate a incêndio

Os elementos terra e água são chamados de agentes extintores.

Por isso, procure um abafador, enxada, foice ou bomba costal de água para o combate às chamas.

Construa um aceiro

Aceiro é o espaço aberto na vegetação para impedir a propagação do fogo. É utilizado para proteger residências, galpões, plantações, cercas, matas, entre outros.

Sua construção requer a utilização de enxadas ou máquinas como tratores.

Estes espaços precisam ter pelo menos 15 metros de largura.

Aprenda métodos de extinção do fogo

Há três maneiras de se acabam com labaredas, são elas:

Abafamento: quando é a retirada do comburente (oxigênio) para impedir que o fogo continue a se propagar, pois sem o oxigênio o fogo não existe.

O abafo é tampas, abafadores, terra e panos molhados para eliminar o oxigênio.

Isolamento: a retirada do material combustível que está no incêndio ou que pode propagar o fogo.

Resfriamento: é a retirada do calor, geralmente feita com água. Como resultado, a redução ou o resfriamento total do foco de incêndio acabará com o fogo.

Aliás, para mais informações e as técnicas completas de combate a incêndios no campo, baixe o cartilha do SENAR-SP neste link: https://cms20.simplesnologia.biz/Arquivos/PARCEIROS_ANEXOS/Original/020787001_0.pdf

Notícias Relacionadas:

Carrapato do bovino: saiba o que é preciso para um controle efetivo do parasita no rebanho leiteiro

Carrapato do bovino: saiba o que é preciso para um controle efetivo do parasita no rebanho leiteiro

Secretaria de Agricultura orienta pecuaristas e desenvolve estudos para controle do carrapato com o uso de produto natural e controle biológico

Cafés especiais proporcionam inúmeras experiências sensoriais aos consumidores

Cafés especiais proporcionam inúmeras experiências sensoriais aos consumidores

De olho no mercado de café, cafeicultores brasileiros vêm investindo na produção de cafés especiais em busca de maior retorno financeiro

FAESP busca isenção de ICMS para leite

FAESP busca isenção de ICMS para leite

A saída do produto cru e pasteurizado, que era isenta, passará a ser tributada em 4,14%