Foto: Agência Brasil

Ministério da Agricultura anuncia investimento de R$ 1 bi em assistência técnica

MAPA, Senar, Sebrae e CNA vão dispor desta receita para capacitar pequenos produtores, especialmente os do Nordeste

Foto: Agência Brasil

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) anunciou nesta segunda-feira (15), em Juazeiro (BA), que o Ministério da Agricultura (Mapa), a Confederação da Agricultura e da Pecuária do Brasil (CNA), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) vão dispor, juntos, de R$ 1 bilhão para proporcionar assistência técnica aos pequenos produtores rurais de todo o país. O programa de assistência técnica, segundo ela, vai começar atendendo os pequenos agricultores do semiárido do Nordeste. Esta é a terceira viagem da ministra à Região Nordeste desde que tomou posse no cargo.

A ministra afirmou que o Senar é um grande parceiro do produtor rural brasileiro e dos programas do ministério. As verbas serão disponibilizadas em conjunto pelo Senar e pela Secretarias de Agricultura Familiar e Cooperativismo do ministério, além de outras secretarias. A prioridade absoluta que a ministra está dedicando à assistência técnica já tinha sido noticiada nas viagens anteriores à região. Para Tereza Cristina, é preciso fazer a assistência chegar ao produtor para que ele produza mais e melhor, comercialize a produção e, com isso, irá aumentar sua renda.

“Minha grande agonia hoje, como ministra, é levar assistência técnica de qualidade aos pequenos agricultores”, disse a ministra ao participar de evento com produtores rurais em Juazeiro.

 

VEJA TAMBÉM: 

Sistema S: redução de verba ameaça capacitação de 270 mil produtores ao ano
Pecuarista triplica produção de leite com curso do Senar

Notícias Relacionadas:

geleia organica com valor agregado

Consumidor prefere produto com valor agregado e demanda cresce

Cliente se mostra mais aberto em pagar preços mais altos quando produto tem valor agregado, com identificação e origem de procedência

ordenha rebanho

Higiene da ordenha é fundamental para qualidade do leite

Com boa higiene sanitária da ordenha é possível reduzir a contagem de células somáticas (CCS) e, com isso, aumentar a remuneração

vaca girolano no rebanho

Pecuária: aumente a produtividade com manejo eficiente do rebanho

Nutrição e sanidade caminham juntas na busca por maior eficiência produtiva no rebanho; assunto foi tema de palestra no Dia de Campo