Manifestação contra o aumento do ICMS acontece em mais de 300 cidades de São Paulo

Tratoraço acontece com apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo

Manifestação contra o aumento do ICMS acontece em mais de 300 cidades de SP

Acontece nesta quinta-feira, 7, uma manifestação contra o aumento do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) na agropecuária, promovido pelo governo de São Paulo. O protesto se estende por mais de 300 cidades paulistas, contando com o apoio da FAESP (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo).

Segundo a entidade, a decisão de mobilizar o tratoraço “somente foi tomada depois de quatro meses de negociações com o governo estadual, que não se sensibilizou com os impactos que isso causaria nos produtores rurais e, principalmente, os menos favorecidos”.

“A elevação do tributo será refletida na mesa dos cidadãos, tirando muito do bolso dos menos favorecidos, que pagarão caro por alimentos essenciais da cesta básica. Os impactos também serão sentidos pelos produtores rurais, que terão alta de 7% a 30% em seus custos, índice que, inevitavelmente, serão repassadas aos consumidores”, diz Fábio Meirelles, presidente da FAESP.

Em nota, a federação afirmou que “esses aumentos no ICMS ainda causam grandes impactos no agronegócio paulista, principalmente para os pequenos produtores rurais, que representam 78% do estado”.

Ainda de acordo com a FAESP, as negociações estão terminando e se tornam necessárias “medidas mais incisivas”. “Buscamos o entendimento até o limite. Ante a iminência das novas alíquotas do ICMS começarem a ser cobradas, a partir do próximo dia 15, tivemos de agir para expor o problema”, ressalta Meirelles. “O ajuste fiscal vai causar a retração da capacidade produtiva alimentar de São Paulo”.

Até o momento, o governador João Doria determinou a suspensão das mudanças no ICMS apenas para alimentos e medicamentos genéricos.

Notícias Relacionadas:

Isenção de ICMS garante atividades do agro e estabilidade dos preços de alimentos, diz FAESP

Isenção de ICMS garante atividades do agro e estabilidade dos preços de alimentos, diz FAESP

A revogação do aumento de ICMS oficializada hoje, 15, pelo governo paulista foi recebida positivamente pela entidade

Após protesto na CEAGESP, governo paulista revoga aumento de ICMS sobre o agro

Governo paulista revoga aumento de ICMS sobre o agro após pressão do setor

A revogação foi publicada nesta sexta-feira, 15, no Diário Oficial, em três novos decretos

Lichia: fonte de Vitamina C, fruta pode ser apreciada até o final de janeiro

Lichia: fonte de Vitamina C, fruta pode ser apreciada até o final de janeiro

Saborosa e nutritiva, lichia tem sido apontada como um bom investimento para o futuro