FAESP apoia tratoraço previsto para esta quinta

A FAESP realizou as últimas tratativas com o governo estadual, na tentativa de reverter o aumento no ICMS de insumos e produtos agrícolas

FAESP apoia o "tratoraço" previsto para amanhã

A FAESP (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo) realizou ontem, 5, as últimas tratativas com o governo estadual, na tentativa de reverter o aumento no ICMS de insumos e produtos agrícolas promovido pelo Governo Estadual. Na reunião, realizada no Palácio do Governo, representantes da FAESP apresentaram aos integrantes do governo os impactos do aumento do ICMS para os produtores rurais e para a sociedade.

Apesar das inúmeras tentativas de reverter o ajuste fiscal, o governo não cedeu e manteve o aumento do ICMS, a partir do dia 15 de janeiro.

Por conta disso, a FAESP anunciou que irá apoiar o chamado “tratoraço”, uma manifestação promovida por produtores rurais em diversas cidades paulistas, que ocorrerá amanhã, 7. Até o momento, mais de 100 sindicatos rurais além de cooperativas agrícolas, associação e entidades ligadas ao agro já aderiram ao movimento. Contudo, as negociações com o governo paulista devem continuar, uma vez que o setor de agronegócio do estado ainda espera por resultados positivos.

A entidade esclarece que tem orientado os produtores rurais que aderirem às manifestações seguindo os protocolos de combate à pandemia da Covid-19 e as organizem em consonância com as diretrizes da polícia militar. Um Comitê Especial foi criado dentro da FAESP para apoiar os produtores rurais nessa manifestação.

A instituição ainda destaca que elevar a tributação na atual conjuntura será prejudicial para a sociedade, pois acarretará custos de produção crescentes e encarecimento no preço dos alimentos para o consumidor final.

Notícias Relacionadas:

Covid-19: 3 dicas para evitar contaminações com maquinário e equipamentos agrícolas

Covid-19: 3 dicas para evitar contaminações com maquinário e equipamentos agrícolas

O SENAR-SP lançou uma cartilha com dicas para orientar o produtor a preservar sua saúde, de sua família e colaboradores no meio

Isenção de ICMS garante atividades do agro e estabilidade dos preços de alimentos, diz FAESP

Isenção de ICMS garante atividades do agro e estabilidade dos preços de alimentos, diz FAESP

A revogação do aumento de ICMS oficializada hoje, 15, pelo governo paulista foi recebida positivamente pela entidade

Após protesto na CEAGESP, governo paulista revoga aumento de ICMS sobre o agro

Governo paulista revoga aumento de ICMS sobre o agro após pressão do setor

A revogação foi publicada nesta sexta-feira, 15, no Diário Oficial, em três novos decretos