Conheça 6 benefícios do mel para a saúde

Além de gerar renda aos produtores, o mel é capaz de combater dores de garganta e o envelhecimento da pele

Confira 3 passos para verificar a pureza do mel

O mel vem sendo produzido como atividade alternativa em muitas propriedades rurais, como fonte de renda secundária ao homem do campo. Neste momento de pandemia, a busca pelo produto tem sido intensa, uma vez que a população deseja fortalecer sua saúde para evitar o coronavírus. Pensando em movimentar esse mercado, vamos te mostrar 6 benefícios do mel oferecidos ao corpo humano!

Combate dor de garganta: o mel possui ação antimicrobiana, sendo capaz de impedir o crescimento ou destruir micro-organismos. É interessante para aliviar a dor de garganta momentaneamente.

Previne problemas respiratórios: bactérias causadoras de algumas doenças são sensíveis a ação antibacteriana do mel, dentre elas a responsável por infecções respiratórias e sinusites. Vale ressaltar que o produto alivia os sintomas e o desconforto, mas não cura da doença em si.

Faz bem para a pele: o mel é farto em antioxidantes, como ácidos fenólicos, flavonoides e carotenoides, o que previne o envelhecimento precoce e contribui para uma pele mais bonita e saudável. Pode ser ingerido ou usado em cosméticos como sabonetes e cremes

Melhora o sono: mel estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar. Além disso, é um carboidrato fonte de triptofano, um aminoácido precursor da serotonina, que é o hormônio responsável por baixar os níveis de estresse do organismo.

Reduz o estresse metabólico: todo estresse, seja emocional, psicológico ou fisiológico, é traduzido para o corpo como um estresse metabólico. O mel natural produz glicogênio no fígado, que é a reserva de energia necessária para o funcionamento normal do cérebro.

Melhora o sistema imunológico: o mel tem propriedades antibacterianas e antifúngicas que o tornam ideal para estimular o sistema imunológico. Essas propriedades ajudam a limpar feridas e cortes e mantê-los livres de infecção, tornando-se um bom antisséptico natural.

Fonte: Première Medicina

Notícias Relacionadas:

São Paulo deve receber chuvas em sequência até início de junho

São Paulo: início da primavera será marcado por retorno das chuvas

De acordo com a Somar Meteorologia, a expectativa é de que alguns municípios recebam mais de 25 milímetros

cesta de orgânicos organizar a cadeia

SENAR-SP disponibiliza 5 cursos para manejo de orgânicos

Atendendo as necessidades dos produtores, agricultura orgânica une ciência e tradição em cultivo sem produtos sintéticos

6 dicas para melhorar a segurança da sua propriedade

6 dicas para melhorar a segurança da sua propriedade

Comandante da Polícia Militar mostra como medidas simples podem aumentar a proteção do produtor rural