Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Caso a medida não seja removida, aproximadamente 6 mil produtores paulistas serão afetados com o aumento dos custos

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Mesmo após ter recuado sobre a cobrança de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre setores de insumos agropecuários, produtos hortifrutigranjeiros e energia elétrica, o governo de São Paulo segue aplicando a taxa sobre o leite pasteurizado. Caso a medida não seja revogada, aproximadamente 6 mil produtores paulistas serão afetados com o aumento dos custos, o que deverá implicar no preço para o consumidor final.

Ao Mercado & Companhia, o vice-presidente da Abraleite (Associação Brasileira dos Produtores de Leite), Roberto Hugo Jank, contou que negociações sobre a isenção do leite pasteurizado estão em andamento. “O governo não nos deu um prazo de resposta, porque a decisão é política e está sendo costurada pela Secretaria da Agricultura”, disse. Porém, Jank acredita que a revogação aconteça antes das cobranças que se iniciam em 1º de abril.

Confira a entrevista na íntegra:

Notícias Relacionadas:

Vinhos são atração no turismo rural

SENAR-SP ensina como identificar o potencial turístico de sua propriedade

Implantar um ponto de vendas na propriedade é uma das maneiras de lucrar com visitantes

Sistema FAESP/SENAR-SP e Sebrae abrem edital para programa de inovação rural

Sistema FAESP/SENAR-SP e Sebrae abrem edital para programa de inovação rural

Ao todo são 110 vagas no estado de São Paulo para a iniciativa que visa promover a pesquisa e o desenvolvimento

SENAR-SP oferece cursos para produtores que querem empreender no campo

SENAR-SP oferece cursos para produtores que querem empreender no campo

Instrutor afirma que programas de ensino capacitam produtores para aproveitarem oportunidades