Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Caso a medida não seja removida, aproximadamente 6 mil produtores paulistas serão afetados com o aumento dos custos

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Mesmo após ter recuado sobre a cobrança de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre setores de insumos agropecuários, produtos hortifrutigranjeiros e energia elétrica, o governo de São Paulo segue aplicando a taxa sobre o leite pasteurizado. Caso a medida não seja revogada, aproximadamente 6 mil produtores paulistas serão afetados com o aumento dos custos, o que deverá implicar no preço para o consumidor final.

Ao Mercado & Companhia, o vice-presidente da Abraleite (Associação Brasileira dos Produtores de Leite), Roberto Hugo Jank, contou que negociações sobre a isenção do leite pasteurizado estão em andamento. “O governo não nos deu um prazo de resposta, porque a decisão é política e está sendo costurada pela Secretaria da Agricultura”, disse. Porém, Jank acredita que a revogação aconteça antes das cobranças que se iniciam em 1º de abril.

Confira a entrevista na íntegra:

Notícias Relacionadas:

Semana será marcada por chuvas no sul de São Paulo

Semana terá chuvas no sul de São Paulo

Previsão aponta tempo seco e nublado no centro e norte do estado

3 lições que o SENAR-SP dá a jovens empreendedores rurais

3 lições que o SENAR-SP dá a jovens empreendedores rurais

Programa oferece conhecimentos sobre educação socioambiental, convivência profissional e negócios

Sindicato rural de Cruzeiro celebra capacitação de produtores para turismo rural

Sindicato rural de Cruzeiro celebra capacitação de produtores para turismo rural

Caravana no município paulista ofereceu dicas sobre marketing no turismo rural e soluções digitais