Gestão familiar é essencial para garantir sustento de pequeno agricultor

“Pai rico, filho nobre e neto pobre não é só fábula. É real”, diz técnico do Sebrae em evento do projeto Família Nação Agro

gestao-familiar-bernardino-de-campo

As estatísticas comprovam uma dura realidade. “Somente 16,5% das empresas familiares chegam à terceira geração”, informou o consultor do Sebrae Roderic Ken Miyoshi na palestra “Gestão e Sucessão Familiar na Propriedade Rural”, realizada no evento Dia de Campo Seguro, parte do projeto Família Nação Agro, iniciativa do Senar-SP, realizado no município de Bernardino de Campos, com apoio do sindicato rural local.

O que fazer para superar os desafios da sucessão? Segundo Miyoshi, o passo a passo inclui conscientizar toda a família sobre a necessidade do processo, fazer o planejamento correto e detalhado da transição, distribuir responsabilidades entre os herdeiros, escolher o sucessor para liderar a empresa com base em características importantes: bom relacionamento, espírito empreendedor e boa gestão de conflitos”.

O Dia de Campo Seguro em Bernardino de Campos também teve a palestra “Aplicação de Pó de Rocha na Agricultura”, apresentada pelo técnico agrícola Jairo Clemente.

O especialista destacou que o uso de pó de rocha objetiva fortalecer o viés de sustentabilidade da agricultura, a partir do equilíbrio solo – planta – homem. “Além de sustentável, a agricultura natural é rentável. Temos de perseguir a produção de alimentos mais saudáveis para as próximas gerações”, assinala.

Clemente mostrou aos agricultores de Bernardino de Campos, cidades vizinhas e demais regiões do Estado de São Paulo que acompanharam a palestra pelo YouTube do Canal Rural que o uso de pó de rocha contribui para fixar mais nutrientes e aumentar a capacidade de absorção de água no solo.

O Dia de Campo Seguro que tratou de sucessão familiar e uso do pó de rocha na agricultura faz parte do projeto Família Nação Agro – edição 2020, que inclui 45 eventos virtuais em diferentes municípios paulistas. “O objetivo é capacitar, promover e incentivar o trabalho dos produtores rurais paulistas. O projeto também se propõe a resgatar a tradição do homem do campo. É uma iniciativa de inclusão, com resgate de valores, inclusive de sustentabilidade”, destaca Tirso Meirelles, presidente do Senar-SP.

“É preciso atualizar e estar atualizado para trabalhar com mais produtividade. Nesse sentido, a extensão rural é um componente muito importante e ó que o Senar-SP está fazendo com o projeto Família Nação Agro”, assinalou Reginaldo Beleze, presidente do Sindicato Rural de Bernardino de Campos.

“As modernas tecnologias precisam chegar cada vez mais aos pequenos e médios produtores rurais. Esse acesso é fundamentar para o aumento da produtividade, geração de renda e emprego no campo, reforça Tirso Meirelles.

Veja a palestra do Dia de Campo Seguro em Bernardino de Campos no YouTube do Canal Rural:

Por Texto Assessoria

Notícias Relacionadas:

Evento sobre pecuária leiteira acontece em Santa Rita do Passa Quatro

Santa Rita do Passa Quatro recebe Dia de Campo Seguro sobre pecuária leiteira

Evento faz parte do projeto Família Nação Agro e será transmitido pelo Youtube do Canal Rural

Armazém Rural SP: e-commerce vem agregar valor ao produtor rural

Na nova ferramenta, podem ser divulgados serviços e produtos agropecuários ao consumidor

Família Nação Agro traz dicas para impulsionar canaviais e turismo rural

Nesta semana, o Canal Rural exibiu reportagens para promover, capacitar e incentivar o homem do campo