Foto: MAPA

Burocracia pode atrasar a chegada do Selo Arte em São Paulo

Presidente da Associação Paulista do Queijo Artesanal diz que espera há dois anos do governo do estado o decreto da agroindústria de pequeno porte

Os produtores de queijo artesanal de São Paulo estão com receio de perder mercado depois que entrar em vigor a instrução normativa do Selo Arte. Além do potencial do mercado paulista, atraindo produtores de várias regiões do Brasil, a burocracia pode atrasar a chegada do selo no estado. O presidente da Associação Paulista do Queijo Artesanal, Chiristopher Faraud, diz que o setor espera há dois anos a assinatura do decreto da agroindústria de pequeno porte.

 

Veja também:

Regulamentação do Selo Arte entra em consulta pública por 30 dias

Notícias Relacionadas:

presidente do sindicato rural de taubate

Sindicato rural de Taubaté assume nova área de atuação no litoral

Com nova gestão, o sindicato rural de Taubaté passa a atuar no município de Ubatuba, litoral paulista, somando seis municípios da região

reunião de negócios

Projeto de venda virtual pode gerar até R$ 1,5 milhão em negócios

O Sebrae São Paulo realiza nesta quinta-feira (6) mais uma edição do 'Projeto Rodada de Negócios'; reunião acontece na sala virtual de

horta urbana orgânica

Produtos regionais podem ganhar mais espaço no mercado pós-pandemia

Agregação de valor ao produto agropecuário e os benefícios do certificado da identidade geográfica podem ajudar nas vendas pós-pandemia