Conheça o curso do SENAR que ajuda a inserir jovens no mercado de trabalho do agro

O Programa Jovem Agricultor do Futuro visa a formação de jovens de 14 a 17 anos, tendo duração de 9 meses, com aulas pedagógicas e práticas

Conheça o curso do SENAR que ajuda a inserir jovens no mercado de trabalho do agro

Em 2020, o agronegócio foi um dos poucos setores na contramão da crise. Apesar da pandemia, o setor registrou o melhor resultado na geração de empregos desde 2011, com a criação de quase 62 mil vagas. Uma das portas de entrada para os jovens interessados nesse mercado são os cursos técnicos e profissionalizantes.

O Programa Jovem Agricultor do Futuro é um curso criado pelo SENAR para a formação de jovens de 14 a 17 anos incompletos, tendo duração de 9 meses, com 4 horas diárias de aulas pedagógicas e práticas. Os alunos aprendem todas as etapas do processo produtivo, além de conhecimento de informática, oficina de vendas e marketing.

“O aluno terá trabalhos focados tanto na agricultura quanto na pecuária. Também há a questão da ética e lazer, o trabalho em equipe, ética e cidadania. Com isso, ele vai ter contato com o que vem a ser o mundo do trabalho”, diz Jair Kaczinki, gerente-técnico do SENAR-SP.

Neste link (clique aqui), como você encontra todas as informações sobre o Programa Jovem Agricultor do Futuro.

Veja a matéria completa exibida pelo Rural Notícias:

Notícias Relacionadas:

Curso de bordado do SENAR-SP atrai novos associados a sindicatos rurais

Curso de bordado do SENAR-SP atrai novos associados a sindicatos rurais

Disponível em todo o estado de São Paulo, curso propicia geração de renda e resgate cultural através da arte

Lavoura de algodão continua competitiva em algumas regiões de São Paulo

Lavoura de algodão continua competitiva em diversas regiões de São Paulo

Cultura ocupa cerca de 1,3 milhão de hectares em todo o Brasil

Curso de lã de ovelhas do SENAR-SP gera renda extra a produtoras rurais

Curso de lã de ovelhas do SENAR-SP gera renda extra a produtoras rurais

O curso abrange aspectos históricos da atividade, beneficiamento da matéria-prima e confecção de artefatos utilitários e decorativos