Baixas temperaturas fazem café e tomate terem colheita mais lenta em SP

Temporada de frio tem colaborado para manter preços do tomate vantajosos ao produtor rural

Baixas temperaturas fazem café e tomate terem colheita mais lenta em SP

Os temporais voltam neste final de semana nas regiões de Presidente Prudente, Itapeva, Marília, Sorocaba e Vale do Ribeira e Vale do Paraíba, uma área extensa do sul, leste e oeste do estado de São Paulo. As áreas produtoras de banana do Vale do Ribeira devem receber mais de 50 milímetros de chuvas entre o sábado (29) e o domingo (30), aponta a Somar Meteorologia.

Na agricultura, a cana-de-açúcar e o café têm colheita mais lenta no estado paulista. No caso da cana, as usinas esperam melhor desenvolvimento das lavouras por conta da estiagem. No café, a maturação está acontecendo de forma mais devagar, com ápice da colheita previsto para ocorrer de julho a julho na região da Alta Mogiana.

O tomate, cultivado principalmente na região de Itapeva, por conta das baixas temperaturas, tem sua maturação e colheita mais lenta, o que tem ajudado a manter os preços razoáveis ao produtor neste momento.

Notícias Relacionadas:

Vinhos são atração no turismo rural

SENAR-SP ensina como identificar o potencial turístico de sua propriedade

Implantar um ponto de vendas na propriedade é uma das maneiras de lucrar com visitantes

Sistema FAESP/SENAR-SP e Sebrae abrem edital para programa de inovação rural

Sistema FAESP/SENAR-SP e Sebrae abrem edital para programa de inovação rural

Ao todo são 110 vagas no estado de São Paulo para a iniciativa que visa promover a pesquisa e o desenvolvimento

SENAR-SP oferece cursos para produtores que querem empreender no campo

SENAR-SP oferece cursos para produtores que querem empreender no campo

Instrutor afirma que programas de ensino capacitam produtores para aproveitarem oportunidades