4 dicas para livrar sua propriedade de escorpiões

Segundo o Instituto Butantan, os escorpiões são responsáveis pelo maior número de acidentes dentre todos os animais peçonhentos no Brasil

4 dicas para livrar sua propriedade de escorpiões

De acordo com o Instituto Butantan, os escorpiões estão no grupo responsável pelo maior número de acidentes dentre todos os animais peçonhentos no Brasil. Além disso, estamos na época em que podem ocorrer mais incidentes devido ao clima chuvoso e quente, ideal para a proliferação do animal.

De hábitos noturnos, os escorpiões costumam viver sob troncos, cascas de árvores, pedras, fendas de rochas, buracos no solo e, principalmente, em locais em que há acúmulo de lixo, entulho e materiais de construção. Quando se sentem ameaçados eles têm como tática de defesa a inoculação de veneno através de seu ferrão.

No estado de São Paulo, segundo cartilha do SENAR-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de São Paulo), as espécies que mais causam acidentes são escorpião-amarelo e escorpião-marrom.

Abaixo, listamos uma série de dicas para combater a infestação de escorpiões em sua propriedade:

1 – Vedação de ambientes

Para evitar que estes animais consigam adentrar ambientes domésticos ou de trabalho, é necessário fechar pequenas frestas que podem servir de entrada. Faça isso das seguintes formas:

  • coloque telas sobre ralos
  • Instale rodo de vedação nas portas
  • Coloque protetor em pontos de tomada e telefone
  • Lacre frestas das paredes ou chão
  • Instale telas nas aberturas de ventilação
  • Mantenha fossas sépticas bem vedadas

2 – Hábitos de higiene

A adoção de hábitos de limpeza também impede a chegada dos escorpiões em sua propriedade, uma vez que eles habitam áreas úmidas e de mato alto. Veja o que é indicado para uma melhor higiene:

  • Mantenha seu quintal cuidado e limpo
  • Não acumule entulhos no local
  • Não junte lixo, pois atrai baratas, um dos alimentos de escorpiões
  • Apare a grama de seu jardim
  • Higienize bebedouros e comedouros de animais
  • Não deixe sobras de comida na cozinha
  • Faça a poda de folhagens, arbustos e trepadeiras perto de paredes e muros, para evitar que virem esconderijos de escorpiões

3 – Atenção contínua

Mesmo com a vedação e higienização de ambientes, algumas práticas ajudam a minimizar o risco de se levar uma picada de escorpião. Veja quais são:

  • Cuidado com locais pequenos e escondidos, como armários e o espaço sob o colchão, que são esconderijos costumeiros
  • Averigue roupas e sapatos antes de se vestir
  • Feche portas e janelas assim que escurecer, pois escorpiões saem para buscar alimentos ao anoitecer

4 – Use o ambiente a seu favor

Além disso, é possível usar o próprio ambiente para inibir a presença de escorpiões. Aqui vão algumas medidas úteis:

  • Plantar alfazema e lavanda no jardim ou em vasos pela propriedade reforça o combate aos peçonhentos, uma vez que estas plantas atuam como repelentes naturais de escorpiões
  • Elimine focos de acúmulo de água, pois escorpiões entram em casas em busca de água
  • Canela em pó é um repelente natural de escorpiões que você pode espalhar pela casa
  • Corujas, pequenos macacos, quati, lagartos, sapos e gansos são predadores naturais dos escorpiões. Se você morar numa região com tais animais, mantenha-os perto de forma livre e natural
  • Não faça queimadas em terrenos baldios, pois isso desaloja escorpiões e os faz circular à procura de novas moradias

Seguindo estes cuidados, você minimiza a ocorrência em sua residência ou área de trabalho. Porém, em caso de sofrer envenenamento por escorpião, procure atendimento médico.

Notícias Relacionadas:

Técnica Rural: 3 coisas que você precisa aprender sobre organização comunitária

Técnica Rural: 3 coisas que você precisa aprender sobre organização comunitária

Assista a uma vídeo-aula exclusiva ministrada pelo SENAR-SP

Conheça 3 formas de manter pastagens disponíveis no inverno

Conheça 3 formas de manter pastagens no inverno

Instrutor do SENAR-SP mostra como é possível alimentar a boiada na estação mais fria do ano

Semana começa com alta no preço do leite e baixa na soja

Semana começa com alta no preço do leite e baixa na soja

Segundo o Cepea/Esalq, o preço da soja teve queda de 2,19%, enquanto o leite subiu 2,85%