Programa Novo Olhar leva desenvolvimento sustentável para Pindamonhangaba

Ação do SENAR-SP incentiva produtor a se reunir em grupos para buscar aprimoramento e melhor uso de recursos

Programa Novo Olhar leva desenvolvimento sustentável para Pindamonhangaba

Estimular habilidades e atitudes de pessoas e grupos para a organização comunitária como instrumento do desenvolvimento rural sustentável é o objetivo do Programa Novo Olhar, realizado pelo SENAR-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de São Paulo).

O programa foi criado para atender as demandas das bases sindicais, dos instrutores e do público do meio rural, bem como melhorar as condições humanas, sociais, ambientais e econômicas das pessoas ligadas ao agronegócio quanto às exigências de mercado, de certificação de produtos, de vendas ao governo e de programas sociais que exijam o público organizado para ser beneficiado.

Com adesão por todo o estado de São Paulo, a iniciativa voltada para organização comunitária rural foi conduzida recentemente em Pindamonhangaba, no Restaurante Alecrim, por meio de uma parceria entre o sindicato rural do município e o SENAR-SP.

Participantes Satisfeitos

Em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, a turma de 10 participantes reuniu moradores e proprietários ligados ao turismo rural, respeitando os protocolos sanitários por conta da Covid-19.

O programa apresenta 6 módulos divididos em teoria e prática, no qual os participantes puderam desenvolver habilidades para a organização comunitária com foco no desenvolvimento rural sustentável, partindo do indivíduo, alcançando grupos, comunidades e o meio em que vivem.

“O programa foi elaborado para dar condições aos participantes de se conhecerem melhor enquanto cidadãos e identificarem oportunidades na comunidade onde vivem para gerar um desenvolvimento sustentável. Isso certamente trará resultados positivos a todos”, comentou a instrutora Elisângela Cristina Cendretti Bernardes de Souza. Ela diz que o programa pode auxiliar a criação de políticas públicas que atendam o bairro de forma mais assertiva.

Para a aluna Patrícia Kazue Hiraki, o programa está sendo um aprendizado. “Estamos realmente tendo um novo olhar para a nossa comunidade, com levantamento de pontos fortes e fracos, levantando diagnósticos e tentando, juntos, encontrar soluções para os problemas”, afirmou.

Em São Paulo, o Programa Novo Olhar tem mudado a realidade de comunidades, por meio de um desenvolvimento mais sustentável. “Esperamos que o programa em ‘Pinda’ leve uma nova realidade para os moradores que estão participando e que possam se desenvolver com melhores condições e novas oportunidades”, concluiu João Bosco Andrade Pereira, presidente do sindicato rural.

Fonte: SENAR-SP

Notícias Relacionadas:

3 lições que o SENAR-SP dá a jovens empreendedores rurais

3 lições que o SENAR-SP dá a jovens empreendedores rurais

Programa oferece conhecimentos sobre educação socioambiental, convivência profissional e negócios

Sindicato rural de Cruzeiro celebra capacitação de produtores para turismo rural

Sindicato rural de Cruzeiro celebra capacitação de produtores para turismo rural

Caravana no município paulista ofereceu dicas sobre marketing no turismo rural e soluções digitais

Turismo rural: caravana ensina a alcançar visitantes com marketing da propriedade

Segundo consultor do Sebrae-SP, 76% dos turistas consideram importante soluções digitais no turismo rural