Vôos cancelados prejudicam exportações de frutas brasileiras

Aviões de carga estão sendo usados para ajuda humanitária por causa da pandemia do novo coronavírus

exportacaodefrutas

Exportadores de frutas do interior de São Paulo não estão conseguindo escoar a produção porque a maioria dos vôos com destino dos compradores foi cancelado. A solução, neste caso, seria o mercado interno. Mas, em função da pandemia da covid-19, também está com a demanda reduzida.

Conversamos com a família Lacarine, do município de Valinhos, que trabalha com frutas há mais de cinquenta anos, e a situação por lá é preocupante. “Sessenta por cento da produção é voltada para exportação pelo aeroporto de Viracopos, em Campinas, mas com o cancelamento da maioria dos vôos, não é possível embarcar mercadorias, desabafou o produtor rural Matheus Lacarine.

No ano passado, as exportações brasileiras de frutas passaram de 980 mil toneladas, sendo que 82 mil toneladas foram exportadas de avião.

Veja a reportagem completa, no vídeo abaixo:

Notícias Relacionadas:

Setor de carnes realiza carreata contra aumento de ICMS em São Paulo

Setor de carnes realiza carreata contra aumento de ICMS em São Paulo

Ato contra medida do governo paulista contou com cerca de 1200 caminhões e 1500 pessoas envolvidas, segundo os organizadores

Estufa garante produção de hortaliças em períodos de chuvas

Estufa garante produção de hortaliças em períodos de chuvas

Apesar do alto custo, sistema protegido permite controle de temperatura e umidade e diminui risco de doenças

Grupo Interministerial irá elaborar Plano Nacional de Fertilizantes

Grupo Interministerial irá elaborar Plano Nacional de Fertilizantes

O plano tem o objetivo de aumentar a produção e oferta de fertilizantes nacionais, além de reduzir a dependência dos produtos importados