Turismo rural em São Miguel Arcanjo sofre queda durante crise

O turismo rural é a principal fonte de renda dos produtores do município; soluções digitais e comunicação pelas redes sociais são as soluções neste momento

fazenda de turismo rural

No município de São Miguel Arcanjo, no interior de São Paulo, o turismo rural é a principal fonte de renda dos produtores. No entanto, com o isolamento social devido a pandemia da Covid-19, as propriedades estão vazias. Sem os turistas, a renda das famílias ficaram prejudicadas.

A produtora, Elisângela Mossin, acredita que a solução é aprender com as mudanças. “Mediante a pandemia, a gente tem que aprender coisas novas, com o novo na verdade. Eu acho que essas informações vem para que a gente consiga fazer nossas vendas retomarem com segurança o nosso trabalho”, comentou.

Nesse sentido, o instrutor do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) de São Paulo, Eduardo Bettin, o turismo rural pode ser beneficiado após a pandemia, mas os produtores precisam ficar atentos aos detalhes e trabalhar com a internet. “A criação de um site ou um blog na propriedade, informando sobre o funcionamento, atrativos, produtos e serviços a serem ofertados é muito importante, juntamente com isso, está o acompanhamento do negócio nas redes sociais”, ressaltou.

O produtor, Rafael Denardi, seguiu essas dicas e está lucrando, ainda mais, durante pandemia. “A partir do momento que começou a ter mais visualização, eu fiz parceria com alguns desenvolvedores de mídias sociais e muita gente começou a procurar, por ter vontade de experimentar os nossos produtos”. Além disso, o valor agregado nos produtos também é um atrativo. “E também por serem naturais e integrais, tiveram maior procura nesse sentido, disse Denardi.

Veja a reportagem completa:

Notícias Relacionadas:

Taxa Selic baixa

Baixa na Selic pode favorecer acesso de produtores a empréstimos subvencionados

Faesp defende crédito competitivo no mercado financeiro e desburocratização na concessão

Turismo rural

Família Nação Agro traz novos debates sobre turismo rural e doma racional

Nesta semana, iniciativa do Sistema FAESP/SENAR-SP esteve nos municípios de Itobi e Nuporanga

Produtores buscam capacitação para diversificar turismo rural em Ubatuba

Em Dia de Campo Seguro, agricultores revelaram interesse em cursos de profissionalização em artesanato e gastronomia