Simples e eficiente: conheça o irrigador solar de baixo custo que reduz o consumo de energia

Tecnologia simples e econômica de irrigador solar já era usada em propriedades na Argentina, Colômbia, Angola e Moçambique

irrigador-solar-embrapa

De tecnologia simples e econômica, irrigador solar teve o pedido de patente concedido pelo INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), cinco anos e meio após a solicitação. O aparelho é acionado pela luz solar, fornece água para irrigação de pequenas áreas de cultivo pelo método de gotejamento e, em breve, deve ganhar válvulas de controle do fluxo d’água.

“Estou trabalhando numa espécie de válvula de controle para que a água tenha um aproveitamento ainda mais eficiente. Essa válvula é acoplada à saída do Irrigador Solar, pois caso o solo esteja úmido e não precise de água, o aparelho fica impedido de liberar a água mesmo em plena iluminação solar. Com isto, o equipamento fica mais econômico e inteligente”, diz Washington Melo, pesquisador da Embrapa Instrumentação.

O irrigador é caracterizado pelo baixo custo devido ao reaproveitamento de peças plásticas e de vidros, além da facilidade na montagem demonstrada no Guia Prático. A boa receptividade da invenção pode ser sentida na internet, uma vez que a apresentação do produto já está com cerca de 60 mil visualizações. Vale destacar que esta tecnologia já está em prática em países como Argentina, Colômbia, Angola e Moçambique.

No Portal da Embrapa, está disponível um modelo de “faça você mesmo” (clique aqui e confira) do Irrigador Solar, que também foi licenciado para a empresa Lareano e Silva Ltda, de São Carlos, visando a a irrigação de vasos em apartamentos ou pequenas hortas domésticas.

Notícias Relacionadas:

Taxa Selic baixa

Baixa na Selic pode favorecer acesso de produtores a empréstimos subvencionados

Faesp defende crédito competitivo no mercado financeiro e desburocratização na concessão

Turismo rural

Família Nação Agro traz novos debates sobre turismo rural e doma racional

Nesta semana, iniciativa do Sistema FAESP/SENAR-SP esteve nos municípios de Itobi e Nuporanga

Produtores buscam capacitação para diversificar turismo rural em Ubatuba

Em Dia de Campo Seguro, agricultores revelaram interesse em cursos de profissionalização em artesanato e gastronomia