SENAR-SP dá dicas para diminuir custo com ração

Produtores procuram alternativas para alimentação animal devido ao aumento de 77,1% no preço do milho

SENAR-SP dá dicas para diminuir custo com ração

Como dissemos na matéria anterior, sobre boas práticas na alimentação de bovinos de leite, a alimentação pode corresponder até 70% dos custos de uma propriedade voltada para pecuária. Só o preço do milho subiu 77,1%, em Campinas (SP), conforme Scot Consultoria. No entanto, o SENAR-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de São Paulo) dá dicas para diminuir custo com ração.

Instrutor do SENAR-SP, Adilson Ferrari tem indicado concentrados como opção de nutrição animal. Segundo o especialista, entre os concentrados proteicos, farelo de algodão, DDG e até mesmo o caroço de algodão podem substituir o farelo de soja. Enquanto isso, entre concentrados energéticos, polpa cítrica peletizada, casquinha de soja peletizada e farelo de trigo podem ser servidos no lugar do milho.

Assista à matéria exibida pelo Rural Notícias:

Notícias Relacionadas:

4 aplicações da internet 5G no agronegócio

Segundo o governo federal, a conexão 5G deve chegar ao Brasil em 2022

Confira 4 dicas para otimizar a colheita do milho

Com a abertura da colheita do milho, é necessário realizar bem esse processo para não sofrer com excessivas perdas

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Em São Paulo, o mercado de suínos está aquecido e com preços vantajosos ao produtor