Saiba como fazer a regularização ambiental na piscicultura

A falta de licença ambiental e autorização do uso da água podem gerar multa de até R$ 1 milhão dependendo do tamanho da área

Fonte: Pixa Bay

A produção de peixes é uma atividade rentável, mas possui regras ambientais rigorosas. É preciso licença ambiental, registro no Ibama e no Ministério da Pesa, além de autorização para o uso da água. A falta destes documentos pode implicar em multas de até R$ 1 milhão. A engenheira ambiental Denise dos Santos de Oliveira explica como regularizar a atividade.

 

Veja também:

Piscicultura: veja como produzir respeitando o meio ambiente

Notícias Relacionadas:

Pousada ao pôr-do-sol com árvores é opção para turismo rural

Inovação ajuda na retomada de turismo rural em São Paulo

Demanda por turismo rural deve aumentar com a flexibilização das atividades no estado

Preço da batata sobe

Falta de chuva faz preço da batata subir 76% em outubro

Cepea/Esalq prevê manutenção da valorização dos preços nos próximos meses devido ao “adiantamento da colheita” e baixo volume de chuva

Família Nação Agro explora mercado de cogumelos, apicultura e turismo rural

Durante a semana, projeto do SENAR-SP visitou os municípios de Sorocaba e Ubatuba