Regulamentação do Selo Arte entra em 2ª fase de consulta pública

O texto sobre boas práticas agropecuárias para concessão do selo a produtos artesanais derivados do leite ficará em consulta para sugestões durante 30 dias

queijo artesanal dentro das normas selo arte

A regulamentação do Selo Arte, que autoriza a comercialização de produtos artesanais de origem animal, entrou em uma segunda fase de consulta pública. Desta vez, sobre Boas Práticas Agropecuárias para concessão do selo a produtos derivados do leite. Os interessados terão 30 dias para apresentar sugestões tecnicamente fundamentadas sobre o assunto. O coordenador da Comissão de Bovinocultura do Leite da Federação de Agricultura do Estado de São Paulo (Faesp), Wander Bastos,  fala sobre a lei e confirma que já existem produtores que receberam o Selo Arte.

Veja também:

Regulamentação do Selo Arte vai tirar produtores da ilegalidade

 

Notícias Relacionadas:

Sistema FAESP/SENAR-SP faz testagem para Covid-19 em 300 mil produtores rurais

Sistema FAESP/SENAR-SP faz testagem para Covid-19 em 300 mil produtores rurais

A iniciativa conta com o apoio da Fio Cruz, além de sindicatos rurais, universidades e demais entidades do estado

Cobrança de ICMS no leite pasteurizado em São Paulo deve afetar 6 mil produtores

Cobrança de ICMS no leite pasteurizado em São Paulo deve afetar 6 mil produtores

Medida contestada pelos pecuaristas pode causar alta nos custos da produção e, como consequência, impactar nos preços para o consumidor