Regra de rastreabilidade de alimentos frescos confunde produtores

A caravana Família Nação Agro segue pelo interior paulista ajudando a tirar dúvidas de agricultores; entenda a situação

the-market-place-821843_960_720

A pouco menos de duas semanas para a regra de rastreabilidade de alimentos frescos começar a valer, centenas de produtores ainda têm dúvidas sobre o assunto.

“A estrutura normativa não é de uma linguagem fácil de ser interpretada, mistura linguagem jurídica e técnica”, explica o jornalista Tobias Ferraz, que tem viajado pelo interior de São Paulo à frente da caravana Família Nação Agro.

De acordo com Ferraz, resumidamente, o que o produtor precisa fazer é informar ao segmento seguinte da cadeia produtiva, seja varejo ou atacado, o número do lote da produção. “Além disso, precisa ter um rótulo na caixa ou embalagem”, finaliza.

A projeto Família Nação Agro é uma parceria entre o Senar São Paulo e o Canal Rural.

Notícias Relacionadas:

Sistema FAESP/SENAR-SP faz testagem para Covid-19 em 300 mil produtores rurais

Sistema FAESP/SENAR-SP faz testagem para Covid-19 em 300 mil produtores rurais

A iniciativa conta com o apoio da Fio Cruz, além de sindicatos rurais, universidades e demais entidades do estado

Cobrança de ICMS no leite pasteurizado em São Paulo deve afetar 6 mil produtores

Cobrança de ICMS no leite pasteurizado em São Paulo deve afetar 6 mil produtores

Medida contestada pelos pecuaristas pode causar alta nos custos da produção e, como consequência, impactar nos preços para o consumidor