Pular para o conteúdo

Rastreabilidade: entidades tentam ganhar tempo para produtor aderir

Prazo venceria nesta quarta, dia 2, mas pode ser esticado por mais seis meses

A instrução normativa conjunta número 02/2018, do Ministério da Agricultura e Anvisa, está em vigor, em caráter orientativo, desde agosto do ano passado. Ela prevê a rastreabilidade do primeiro grupo de vegetais frescos a partir de rotulagem, número de lote da produção e que o produtor mantenha um caderno de campo com as anotações sobre todas as operações agrícolas realizadas, entre elas, o uso de agroquímicos.

Deixe seu e-mail para acessar o conteúdo completo

O conteúdo Rastreabilidade: entidades tentam ganhar tempo para produtor aderir é oferecimento exclusivo para assinantes da Família Nação Agro e Senar SP

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta