Profissionalização e gestão ajudam granja a superar falta de mão de obra

Em Sales Oliveira (SP), a produtora Luciana Dalmagro explica como administração eficiente aumenta produção e reduz custos

granja-sales-oliveira

O Brasil é o terceiro maior produtor da proteína de frango, ficando atrás dos EUA e China. Dessa forma, avicultura brasileira gera cerca de 500 mil empregos, produz aproximadamente 6 bilhões de aves e deve crescer entre 4,5% e 6% neste ano, de acordo com projeções da ABPA.

Porém, a mão de obra qualificada se faz um impedimento para o avanço da atividade, como relata a produtora Luciana Dalmagro, de Sales Oliveira (SP). Dalmagro adotou medidas para inovar em sua granja, trazendo reservatório de água de chuva, painéis solares e gestão para reduzir custos e reaproveitar recursos.

“Hoje a gente conta uma gestão especializada que olha para a qualidade, para o 5S rural e para o comprometimento e engajamento de equipe”, disse. “A gente tem que entender que nossas propriedades rurais não são só recortes de terra. Elas fazem parte de um grande ecossistema, então toda e qualquer ação e medida que a gente toma dentro da empresa tem que ter os impactos medidos”, completou.

De acordo com Dalmagro, a profissionalização é a receita do sucesso em sua granja. “A gente vê aqui como uma empresa qualquer. Ela é uma fazenda, logo é uma empresa rural. Para colegas que possuem propriedades menores ou médias, a gente diz que o passo da profissionalização precisa ser dado, assim como olhar para a associação familiar”.

Veja a matéria completa no Mercado & Companhia:

O projeto Família Nação Agro é uma iniciativa do Sistema FAESP/SENAR-SP para capacitar, promover e incentivar o produtor rural do estado de São Paulo.

Notícias Relacionadas:

Cavalo pardo para doma racional

Em Nuporanga, evento debate bem-estar animal na doma racional

Iniciativa do SENAR-SP, Dia de Campo Seguro será transmitido pelo Youtube do Canal Rural na sexta-feira (30/10), às 14 horas

La Niña demanda atenção dos produtores de frutíferas de clima temperado

Boletim da Seapdr traz prognóstico climático a recomendações fitotécnicas para vinhedos e pomares até dezembro

O universo dos fungos e a apicultura foram temas do Dia de Campo Seguro em Sorocaba

Empresário rural Iwao Akamatsu conta que 70 mil dos mais de 1,5 milhão de fungos foram estudados. Porém, há muito potencial a