Produtores de flores esperam linhas de crédito para fluxo de caixa

Os pequenos produtores rurais seguem buscando por alternativas para sobreviver durante a pandemia do Coronavírus e também evitar desperdícios de flores duramente afetado pela suspensão de feiras livre

flores

Por Tobias Ferraz

O jornalista Tobias Ferraz conversou com Valdemar Koga, que é produtor de plantas ornamentais e membro da Comissão de Horticultura, Flores e Orgânicos da Federação, e como muitos outros produtores do Setor, sente todos os impactos que o setor de flores enfrenta por causa da quarentena – “O setor de flores teve queda entre 60% e 70% na comercialização, as vendas estão muito difíceis”, diz Koga.

Valdemar levou o pedido de socorro aos produtores até a FAESP – “A FAESP comunica o Governo do Estado de São Paulo e o Governo Federal sobre as necessidades do segmento de flores e HF. Já conseguiu um auxílio para os produtores de HF, agora é preciso conseguir também para o setor de flores.” esclarece o membro da Comissão.

Veja a entrevista completa com Valdemara Koga – representante da Federação da Agricultura do Estado de São Paulo na Ceagesp.

Notícias Relacionadas:

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Em São Paulo, o mercado de suínos está aquecido e com preços vantajosos ao produtor

Veja quais são as principais doenças que afetam o gado de leite

Pecuária de leite: veja como manter atividades mesmo com altas nos insumos

A escassez de chuvas e baixa nos reservatórios também dificultam a manutenção dos rebanhos

6 alimentos da roça ideais para consumir no inverno

6 alimentos da roça ideais para consumir no inverno

No período mais frio do ano, aposte em comidas que te ajudam a evitar doenças como gripes e resfriados