Produtor pode ter mais tempo para adotar novas medidas de rastreabilidade

A prorrogação do prazo está em discussão em Brasília e pode ajudar quem ainda não conseguiu fazer as mudanças

tomate

A prorrogação do prazo para a adoção da instrução normativa sobre rastreabilidade de alimentos frescos ainda está em discussão em Brasília. Esse tempo adicional pode ser valioso para produtores que ainda não tiveram tempo de adotar as medidas necessárias.

O repórter do projeto Família Nação Agro, em parceria com o Senar São Paulo, Tobias Ferraz analisa as possibilidades dessa extensão de prazo.

Notícias Relacionadas:

Pousada ao pôr-do-sol com árvores é opção para turismo rural

Inovação ajuda na retomada de turismo rural em São Paulo

Demanda por turismo rural deve aumentar com a flexibilização das atividades no estado

Preço da batata sobe

Falta de chuva faz preço da batata subir 76% em outubro

Cepea/Esalq prevê manutenção da valorização dos preços nos próximos meses devido ao “adiantamento da colheita” e baixo volume de chuva

Família Nação Agro explora mercado de cogumelos, apicultura e turismo rural

Durante a semana, projeto do SENAR-SP visitou os municípios de Sorocaba e Ubatuba