Foto: Sebrae-SP

Presidente do sistema Faesp/Senar-SP é homenageado pelo Sebrae

Fabio Meirelles recebeu a honra durante a premiação Sebrae Prefeito Empreendedor em reconhecimento à sua relevância como líder da agropecuária nacional

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP) e do Senar-SP, Fábio Meirelles, foi homenageado durante cerimônia de entrega do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor – Mario Covas. A honraria foi um tributo do SEBRAE-SP ao Presidente da FAESP pela liderança no agronegócio brasileiro e sua enorme contribuição ao desenvolvimento do Empreendedorismo no Estado de São Paulo, quando implementou o prêmio, que se nacionalizou e está em sua 10ª edição.

A cerimônia oficial do Prêmio Mario Covas, Prêmio Prefeito Empreendedor do SEBRAE, aconteceu no Memorial da América Latina, na capital paulista, e contou com a presença de mais de 100 Prefeitos do Estado de São Paulo, da Secretária Municipal do Trabalho e Empreendedorismo, Aline Cardoso, representando o Prefeito Bruno Covas e Patricia Ellen da Silva – Secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Emprego, representando o Governador João Dória. Participaram do evento, o Presidente do Conselho do SEBRAE-SP Tirso Meirelles, o diretor-presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles o diretor-superintendente do Sebrae SP, Wilson Poit.

Foram 137 projetos inscritos em todo o estado de São Paulo, resultando em 23 finalistas em oito categorias. Os gestores que apresentaram projetos consistentes, contemplando políticas públicas visando o desenvolvimento econômico e social através do incentivo ao empreendedorismo, foram homenageados com o selo “Prefeito Empreendedor”.

Ao homenagear Fábio Meirelles e o Professor Sylvio Goulart Rosa que foram os semeadores da iniciativa, o vice-presidente da FAESP e presidente do Conselho do SEBRAE-SP, Tirso Meirelles disse: “Para mim é uma grande honra reconhecer os prefeitos que estão transformando o empreendedorismo, o agente público que fomenta os projetos neste sentido”, afirmou. Para ele, os prefeitos são “semeadores que cultivam as raízes fortes do empreendedorismo” e que os frutos já estão aparecendo, como os mais de 150 mil empregos gerados pelas pequenas e médias empresas no Estado de São Paulo no ano passado.

O Presidente Fábio Meirelles agradeceu pela homenagem e, emocionado, destacou “o alto nível técnico da reunião e de seus participantes e a importância da manutenção de iniciativas como essa para a sociedade, e para a unidade e desenvolvimento da nação”.

Nesta edição do Prêmio, foram 137 projetos inscritos em todo o Estado de São Paulo, resultando em 23 finalistas, em oito categorias. Em São Paulo, oito categorias foram premiadas, sendo que duas delas, de maneira inédita: “Cooperação Intermunicipal para Desenvolvimento Econômico” e “Empreendedorismo na Escola”. As demais são: “Políticas Públicas para Desenvolvimento dos Pequenos Negócios”, “Compras Governamentais de Pequenos Negócios”, “Pequenos Negócios no Campo”, “Inovação e Sustentabilidade”, “Desburocratização e Implementação da Redesimples”, “Inclusão Produtiva” e “Apoio ao MEI”. Mais informações sobre os Projetos e prefeitos premiados estão no link a seguir: hhttp://www.sp.agenciasebrae.com.br.

O Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor – Mário Covas faz parte da premiação nacional, que está em sua 10ª edição. Os vencedores da etapa estadual concorrerão com os projetos selecionados de todo o País para a premiação nacional, que ocorrerá, em Brasília, no dia 05 de junho.

Notícias Relacionadas:

presidente do sindicato rural de taubate

Sindicato rural de Taubaté assume nova área de atuação no litoral

Com nova gestão, o sindicato rural de Taubaté passa a atuar no município de Ubatuba, litoral paulista, somando seis municípios da região

reunião de negócios

Projeto de venda virtual pode gerar até R$ 1,5 milhão em negócios

O Sebrae São Paulo realiza nesta quinta-feira (6) mais uma edição do 'Projeto Rodada de Negócios'; reunião acontece na sala virtual de

horta urbana orgânica

Produtos regionais podem ganhar mais espaço no mercado pós-pandemia

Agregação de valor ao produto agropecuário e os benefícios do certificado da identidade geográfica podem ajudar nas vendas pós-pandemia