Preço da laranja desvaloriza quase 25% em São Paulo

Com o avanço da colheita, nesta semana a laranja pera ficou cotada em R$ 21,46 a caixa

Foto: Pixa Bay

A baixa demanda e a maior oferta com a intensificação da colheita derrubaram as cotações da laranja em São Paulo. Segundo levantamento do Cepea, só nesta semana a laranja pera teve queda de 7,1% nos preços, ficando cotada em R$ 21,46 a caixa de 40,8 kg na árvore. A cotação só reforça a tendência de queda registrada durante todo mês de abril, período em que a fruta desvalorizou 24,7%, se comparado ao desempenho dos preços em março de 2019.

Para a lima ácida tahiti, o cenário é semelhante ao da laranja, com oferta elevada e vendas retraídas, tanto no mercado interno quanto no externo. Na média da semana, a variedade teve média de preço de R$ 16,96 a caixa de 27 kg, colhida, recuo de 1% em comparação com a da semana passada.

A tangerina poncã de mesa com maior qualidade foi a que menos desvalorizou. Na parcial desta semana, a tangerina poncã teve média de R$ 21,76 a caixa de 27 kg, baixa de 7,3% em relação à do período anterior.

Veja também:
Como implantar a rastreabilidade na citricultura?

 

 

Notícias Relacionadas:

Mapa registra 21 produtos técnicos genéricos para uso na formulação de defensivos

Mapa registra 21 produtos técnicos genéricos para uso na formulação de defensivos

Por se tratar de produtos técnicos, nenhum dos ingredientes registrados estarão disponíveis para compra pelos agricultores

Prohort mostra variação de preços das frutas em novembro

Prohort mostra variação de preços das frutas em novembro

O 11º Boletim Prohort da Conab indica estabilidade nos preços no atacado, em novembro, das frutas mais consumidas pelos brasileiros

Nova plataforma viabiliza venda direta de produtos do agronegócio

O Armazém Rural SP surge da necessidade do homem do campo em aproximar seus produtos do consumidor final