Poder de compra do avicultor de postura cai para o menor patamar da história

Mesmo com preço do ovo valorizado, custo de produção acumula alta de 27% este ano

poder-compra-avicultor

O preço do ovo subiu 2,79% na última semana, sendo comercializado a um preço médio R$ 118,00 em 30 dúzias, conforme dados do Cepea/Esalq. Essa é melhor cotação desde o início de outubro, quando a proteína apontou valorização de 8% em uma semana.

Mesmo com a cotação em alta, a forte escalada do custo de produção vem pressionando o poder de compra do avicultor de postura para o menor patamar da série histórica do Cepea, iniciada em 2013. O motivo são os elevados preços do milho e do farelo de soja, principais componentes nutricionais da produção. Há relatos de produtores que têm optado pelo sorgo e o milheto como alternativa mais barata para a nutrição das galinhas poedeiras.

No balanço do ano, segundo levantamento feito pela Embrapa Aves e Suínos, o custo de produção da avicultura teve alta de 27,44% no acumulado do ano e 31,29% nos últimos 12 meses, puxado pela nutrição e os pintos de um dia.

Notícias Relacionadas:

Brasil firma acordo para exportação de ovos e arroz ao México

Brasil firma acordo para exportação de ovos e arroz ao México

Parceria prevê o ingresso de 75 mil toneladas de produtos brasileiros no mercado mexicano ao longo de 2021

Santa Rita do Passa Quatro aposta na produção de leite orgânico

Santa Rita do Passa Quatro aposta na produção de leite orgânico

No interior de São Paulo, a produção tem sido fomentada pelos cursos de inseminação artificial e manejo de gado do SENAR-SP

44,80 % dos bovídeos de São Paulo foram vacinação contra febre aftosa

44,80% dos bovídeos de São Paulo já foram vacinados contra febre aftosa

Secretaria de Agricultura divulgou parciais da vacinação de animais com zero a 24 meses envolvidos na segunda etapa da campanha