Pecuarista triplica produção de leite com curso do Senar

A equipe da Família Nação Agro foi conferir de perto o impacto da capacitação na lida dos produtores paulistas

vaca e boi pecuária
vaca de pecuarista que triplicou produçãp

Foto: Canal Rural

O produtor de leite Onofre Oliveira, de Mogi das Cruzes (SP), triplicou a produção de leite após fazer um curso do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). “Eu carregava um balde de leite. Agora, são três”, conta o pecuarista, animado. Ele diz que a quantidade de queijo fabricado aumentou tanto que a família não dá conta de consumir tudo. “Estou vendendo também”, afirma.

Oliveira é um dos produtores de leite que estão conseguindo driblar os desafios da produção com ajuda dos cursos oferecidos pelo Senar de São Paulo. Mas, segundo o coordenador do Senar Alexandre Gomes, no começo os pecuaristas ficam receosos. “Eles perguntam: ‘será que funciona? Vão querer algo em troca? Vou ter que mudar a forma de manejo?’ Existe muita desconfiança”, diz. Mas, ele garante, isso acaba quando as vacas começam a dar saltos de produtividade.

Antes do curso de pecuária leiteira, Fernando Tomtski precisava buscar capim fora da propriedade para alimentar suas vacas. “Hoje, a gente produz esse alimento dentro da propriedade, o que faz dela sustentável”, conta.

Na fazenda de Tomtski, o pasto foi organizado em 32 piquetes. “A gente tem uma rotação, cada dia entra em um. Depois de fechar, fazemos a adubação nitrogenada”, explica o pecuarista.

A caravana Família Nação Agro é uma parceria entre Canal Rural e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de São Paulo (Senar-SP).

Notícias Relacionadas:

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Caso a medida não seja removida, aproximadamente 6 mil produtores paulistas serão afetados com o aumento dos custos

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

Em 1º de fevereiro, entra em vigor a Instrução Normativa nº 1 que traz normas para produção de folhosas, inflorescência e condimentais

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Dentre os produtos aprovados, três são ingredientes ativos inéditos e os demais já são usados no país