SENAR-SP reprova fim do antidumping na importação de leite em pó

A taxa vinha sendo aplicada desde a resolução de 2001, como uma maneira de proteger o produto nacional

cow-961790_960_720

O governo federal decidiu suspender a tarifa sobre importação de leite europeu e da Nova Zelândia. A taxa vinha sendo aplicada desde a resolução de 2001, como uma maneira de proteger o produto nacional. A medida encerra a cobrança antidumping sobre o leite em pó, integral e desnatado.

A alíquota era de 14,8% para o produto vindo da União Europeia e de 3,9% para o item da Nova Zelândia. A decisão do Ministério da Economia, por meio da Secretaria Especial de Comércio Exterior e assuntos internacionais, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), desta quarta-feira, 6.

O vice-presidente do Senar-SP e presidente do Sebrae, Tirso Meirelles, reprova a medida e diz que o governo não consultou o setor antes de tomar a medida. Veja a declaração no vídeo.

Notícias Relacionadas:

Seguro rural: governo paulista não libera sua participação e preocupa produtores

Seguro rural: governo paulista não libera sua participação e preocupa produtores

Falta de repasse de recursos do governo de São Paulo e início do inverno ameaçam fruticultura em Indaiatuba

Técnica Rural: 3 coisas que você precisa aprender sobre organização comunitária

Técnica Rural: 3 coisas que você precisa aprender sobre organização comunitária

Assista a uma vídeo-aula exclusiva ministrada pelo SENAR-SP

Conheça 3 formas de manter pastagens disponíveis no inverno

Conheça 3 formas de manter pastagens no inverno

Instrutor do SENAR-SP mostra como é possível alimentar a boiada na estação mais fria do ano