Pecuária de corte: Gestão e Planejamento

Levantamento de custos e controle de gastos fazem a diferença na hora de tomar decisão

gado de corte da pecuaria brasileira

Por Tobias Ferraz

A pecuária de corte está com preços firmes na @ do boi gordo R$195,00 no mercado interno e R$205,00 para exportação, o chamado “boi China”. A reposição e os insumos, principalmente os grãos, estão com preços em ascensão e começa o período seco no Sudeste do país, quando aumenta o uso de concentrado no cocho.

A nossa entrevista de hoje na transmissão ao vivo da Família Nação Agro foi com Thomas Rocco, jovem produtor rural de Araçatuba e neto mais velho de um dos grandes expoentes do agronegócio paulista, o Alfredo Ferreira Neves Filho – “seu Alfredinho”, que nos deixou no ano passado. Thomas tem sólida formação na área de gestão e alerta para a importância do planejamento e gestão neste momento – “Quando conhecemos o custo da @ muda tudo, fica tudo mais fácil na hora de tomar uma decisão de venda, de compra ou de operação dentro da propriedade.” afirma.

Como forma de realizar lucros, Thomas chama a atenção para a estratégia – “É preciso escalonar e fazer venda casada com a compra da reposição, se estruturar para casar vendas com boa margem de lucro.” – recomenda o pecuarista.
Thomas acredita que o mercado para exportação deve continuar firme no segundo semestre – “Nos preparamos para abastecer o mercado, o clima ajudou e teremos animais bem terminados para ofertar.” – diz.

Thomas Rocco também destacou a oferta dos cursos do Senar São Paulo para reciclagem profissional ou aprendizado na área da pecuária. Os cursos são gratuitos e estão disponíveis nos sindicatos rurais de cada município.

Este programa é uma homenagem a Alfredo Ferreira Neves Filho, Alfredinho que por mais de 50 anos foi liderança agro no Noroeste paulista.

Veja a entrevista completa no vídeo abaixo:

Notícias Relacionadas:

Pousada ao pôr-do-sol com árvores é opção para turismo rural

Inovação ajuda na retomada de turismo rural em São Paulo

Demanda por turismo rural deve aumentar com a flexibilização das atividades no estado

Preço da batata sobe

Falta de chuva faz preço da batata subir 76% em outubro

Cepea/Esalq prevê manutenção da valorização dos preços nos próximos meses devido ao “adiantamento da colheita” e baixo volume de chuva

Família Nação Agro explora mercado de cogumelos, apicultura e turismo rural

Durante a semana, projeto do SENAR-SP visitou os municípios de Sorocaba e Ubatuba