Novo regime de chuvas exige mudanças no calendário de plantio da agricultura paulista

Há 100 anos monitorando o clima do estado, IAC aponta que as chuvas para semeadura estão atrasando anualmente

Foto: PixaBay

As temperaturas no estado de São Paulo estão mais elevadas nos últimos anos. É o que afirma o Instituto Agronômico de Campinas-SP (IAC) que monitora há mais de 100 anos o clima no estado. Em entrevista ao repórter Tobias Feraz, a pesquisadora Angélica Pantano diz que isso indica a redução da incidência de geadas e um atraso no regime de chuvas, alterando o calendário da semeadura.

Notícias Relacionadas:

Taxa Selic baixa

Baixa na Selic pode favorecer acesso de produtores a empréstimos subvencionados

Faesp defende crédito competitivo no mercado financeiro e desburocratização na concessão

Turismo rural

Família Nação Agro traz novos debates sobre turismo rural e doma racional

Nesta semana, iniciativa do Sistema FAESP/SENAR-SP esteve nos municípios de Itobi e Nuporanga

Produtores buscam capacitação para diversificar turismo rural em Ubatuba

Em Dia de Campo Seguro, agricultores revelaram interesse em cursos de profissionalização em artesanato e gastronomia