Nova regra para merenda afeta agricultor familiar paulista

No Estado, garantia de compra da produção foi substituída pelo pagamento, via aplicativo Pic Pay, de R$ 55 por estudante

merenda escolar

Não são apenas os alunos e suas famílias que estão sofrendo as consequências da interrupção na entrega de merenda escolar, desde o início do isolamento social causado pelo novo coronavírus.

Quem também está sentindo os efeitos do corte são os agricultores que produzem os alimentos para a merenda, principalmente os pequenos produtores associados a cooperativas no interior do estado.

E para entender melhor sobre essas alterações, conversamos com Edivaldo Del Grande, presidente da organização das cooperativas de São Paulo.

Notícias Relacionadas:

Cobrança de ICMS no leite pasteurizado em São Paulo deve afetar 6 mil produtores

Cobrança de ICMS no leite pasteurizado em São Paulo deve afetar 6 mil produtores

Medida contestada pelos pecuaristas pode causar alta nos custos da produção e, como consequência, impactar nos preços para o consumidor

São Paulo registra recorde anual de vacinação contra brucelose, com 95,71% das fêmeas bovídeas vacinadas em 2020

Instituto Biológico aumentou em 20% sua produção de antígenos para diagnóstico de brucelose e tuberculose em animais