Não vai faltar comida, garante Ceagesp!

Senar-SP, Sebrae e Faesp se unem pelo abastecimento de alimentos

Ceagesp

Três grandes entidades se reuniram para criar estratégias e evitar o desabastecimento de alimentos no estado de São Paulo. O presidente do Sebrae São Paulo, Tirso Meirelles se reuniu com o presidente da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), Johnni Hunter, e com a equipe técnica da Companhia. Essas entidades formam um comitê de inteligência para amortecer os efeitos do novo coronavírus no varejo.

De acordo com o economista da Ceagesp, Flávio Godas, o consumo de alimentos aumentou nos últimos dias nos supermercados. “Houve evolução na compra de frutas e verduras em 9%, legumes 1% e o setor de flores e verduras caiu cerca de 3%. Existe uma oferta maior nos últimos dias, o produtor está acompanhando a fila do caixa nos supermercados e antecipando a entrega de alimentos”, disse.

Para Tirso Meirelles, a integração entre as entidades e a Federação de Agricultura do Estado de São Paulo é um instrumento consistente de segurança para a população. “Campo, atacado e varejo estão integrados, fazemos reuniões diárias para avaliar a situação, que é grave, mas temos de agir com serenidade e produzir alimentos para a Ceagesp”, afirmou.

Johnni Hunter destaca o plano da Companhia, como maior atenção à higiene dos comerciantes, trabalhadores, caminhoneiros e prestadores de serviço. “No que depender da direção da Ceagesp, não vai ter desabastecimento.”

A companhia adotou uma série de normas, já recomendadas pelas autoridades da Saúde Pública e distribui as orientações para todos que convivem nos pavilhões.

A Ceagesp em números: comercializa mais de 3 milhões de toneladas de hortifrútis por ano, movimenta mais de R$ 8 bilhões  por ano, 50 mil pessoas circulam diariamente pelos pavilhões.

Veja a reportagem abaixo, do repórter Tobias Ferraz:

Notícias Relacionadas:

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Caso a medida não seja removida, aproximadamente 6 mil produtores paulistas serão afetados com o aumento dos custos

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

Em 1º de fevereiro, entra em vigor a Instrução Normativa nº 1 que traz normas para produção de folhosas, inflorescência e condimentais

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Dentre os produtos aprovados, três são ingredientes ativos inéditos e os demais já são usados no país