Mídias sociais aproximam cafeicultor de consumidor, aponta Sebrae

Gerente do Sebrae, Marcos Kremer falou sobre mudanças no mercado do café e como produtores trabalham no fortalecimento da cadeia

Grãos de café espalhados em mesa com xícara branca cheia de grãos

Seja por conta das instabilidades do clima, do cenário econômico ou pela transformação do perfil do consumidor, o mercado do café vem passando por mudanças. É o que garante o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Em entrevista à equipe do Canal Rural, o gerente do Sebrae de Boa Vista, Marcos Kremer, apontou que a parceria entre cafeicultores faz a diferença para o setor.

“Você tem que ter produtores, sindicatos, associações, outras entidades, unidas em prol do objetivo, que no caso, é a melhoria do café”, disse o especialista, que participou do Dia de Campo Seguro em Caconde (SP).

Kremer ainda indicou a internet como ferramenta capaz de gerar oportunidades e contribuir para o fortalecimento da cadeia do café. “A mudança é constante, como em qualquer outro produto, e não tem volta. Hoje você tem que pensar em mídias digitais, não só no mercado tradicional”, afirmou.

De acordo com Kremer, a organização tem importância para o sucesso de propriedades rurais focadas em café. “Se o produtor se capacitar, se tiver uma boa gestão e uma boa tecnologia, ele consegue atingir o consumidor final”, falou. Dessa forma, o cafeicultor consegue evitar intermediários e, assim, aumentar seu lucro.

Por fim, veja a matéria completa do Rural Notícias:

O projeto Família Nação Agro é uma iniciativa do Sistema FAESP/SENAR-SP, cujo objetivo é capacitar, promover e incentivar o produtor rural do estado de São Paulo.

Notícias Relacionadas:

Carrapato do bovino: saiba o que é preciso para um controle efetivo do parasita no rebanho leiteiro

Carrapato do bovino: saiba o que é preciso para um controle efetivo do parasita no rebanho leiteiro

Secretaria de Agricultura orienta pecuaristas e desenvolve estudos para controle do carrapato com o uso de produto natural e controle biológico

Cafés especiais proporcionam inúmeras experiências sensoriais aos consumidores

Cafés especiais proporcionam inúmeras experiências sensoriais aos consumidores

De olho no mercado de café, cafeicultores brasileiros vêm investindo na produção de cafés especiais em busca de maior retorno financeiro

FAESP busca isenção de ICMS para leite

FAESP busca isenção de ICMS para leite

A saída do produto cru e pasteurizado, que era isenta, passará a ser tributada em 4,14%