Manejo sustentável valoriza cachaça artesanal em Guaratinguetá; veja como

Com exclusividade, especialista do Sebrae-SP dá três dicas de sucesso para agregar valor ao produto

Manejo sustentável valoriza cachaça artesanal em Guaratinguetá; veja como

Produto reconhecidamente brasileiro, a cachaça feita aqui é comercializada a 70 países ao redor do mundo, segundo o IBRAC (Instituto Brasileiro da Cachaça). No município paulista de Guaratinguetá, o produtor rural Luiz Roberto Carrocci agrega valor à bebida com o manejo sustentável da cana-de-açúcar.

“Essa é uma cachaça totalmente artesanal, feita com muito carinho. Desde o plantio da cana, dos tipos de cana, o cultivar da cana escolhido para esse microclima da nossa região, até a adubação. Tudo é feito com muito carinho”, detalha Carrocci, que há vinte anos se dedica à produção. “Com esse processo, podemos dizer que essa cachaça tem, sim, um sabor diferente”, afirma Flaviane Tavanti, engenheira agrônoma.

Para quem também deseja valorizar seu trabalho no campo, a consultora em agronegócio do Sebrae-SP Julia Guaragna dá três dicas para o sucesso. “Aproveite este momento de redes sociais, esteja associado com outro grupo de produtos e segmente, pois cada segmento tem consumidores específicos”, diz.

Veja a matéria completa exibida pelo Mercado & Companhia:

Notícias Relacionadas:

4 aplicações da internet 5G no agronegócio

Segundo o governo federal, a conexão 5G deve chegar ao Brasil em 2022

Confira 4 dicas para otimizar a colheita do milho

Com a abertura da colheita do milho, é necessário realizar bem esse processo para não sofrer com excessivas perdas

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Em São Paulo, o mercado de suínos está aquecido e com preços vantajosos ao produtor