Flores: lojas de atacado e floriculturas podem funcionar em São Paulo

No documento assinado pelo Secretário de Estado, Gustavo Diniz Junqueira, também afirma ter conhecimento dos impactos negativos no setor, que obtiveram redução de 80% em suas receitas.

rosas-ok

O Instituto Brasileiro de Floricultura – Ibraflor autorizou o retorno das atividades do setor de flores, desde que adotem os cuidados necessários para prevenção de transmissão da Covid-19.

No documento, assinado pelo Secretário de Estado da Agricultura, Gustavo Diniz Junqueira, ele afirmou ter conhecimento dos impactos negativos no setor, que já obtiveram redução de 80% em suas receitas. “ Este retrato está balizando as próximas decisões estratégicas desta Secretaria. Além disso, temos estudado constantemente medidas para atender e apoiar os produtores”, afirmou Diniz.

Recentemente, em entrevista ao Família Nação Agro, o vice-presidente do Sindicato Rural de Atibaia, Dirceu Hashimoto, reclamou que mesmo com o retorno de mercado de flores do Ceagesp, as vendas não foram suficientes para amenizar as perdas. “O retorno do mercado de flores foi muito positivo, mas como estamos com lojas,  gardens e cemitérios fechados não estamos tendo compradores para as mercadorias“, relatou.

Hoje, depois do comunicado oficial, conversamos com Gildo Saito, presidente do Sindicato Rural de Mogi das Cruzes, que afirma ser um ótimo momento para o retorno das atividades. “O dia das mães é considerado o natal dos floricultores, as rosas são as flores mais procuradas e aumenta em torno de 400% a 500% a expectativa de renda para este período. Essa notícia veio em boa hora para nós produtores rurais, estamos esperançosos”, finaliza Gildo.

De acordo com o Ibraflor, desde o inicio da pandemia e fechamento do setor, os prejuízo ultrapassam R$ 400 milhões de reais. Sindicatos e associações do setor estão reunindo para elaborar novas estratégias de venda e recuperar parte do que já foi perdido.

+ Veja a carta da Secretário de Estado ao Ibraflor na íntegra

O Ibraflor também divulgou uma lista de medidas para a prevenção do Coronavírus

+ Orientações para a prevenção de transmissão do coronavirus no comércio varejista e atacadista de flores e plantas ornamentais

Notícias Relacionadas:

Pousada ao pôr-do-sol com árvores é opção para turismo rural

Inovação ajuda na retomada de turismo rural em São Paulo

Demanda por turismo rural deve aumentar com a flexibilização das atividades no estado

Preço da batata sobe

Falta de chuva faz preço da batata subir 76% em outubro

Cepea/Esalq prevê manutenção da valorização dos preços nos próximos meses devido ao “adiantamento da colheita” e baixo volume de chuva

Família Nação Agro explora mercado de cogumelos, apicultura e turismo rural

Durante a semana, projeto do SENAR-SP visitou os municípios de Sorocaba e Ubatuba