Cresce a produção de frutas como alternativa de diversificação do café

Em Espírito Santo do Pinhal, importante região cafeeira do interior de São Paulo, a produção de frutas dobrou, somando mais de 18 mil toneladas

Fonte: Pixarbay

O baixo preço do café tem levando os produtores a diversificar a atividade com outras culturas. Em Espírito Santo do Pinhal, importante região cafeeira do interior de São Paulo, a produção de frutas quase dobrou em um ano. Abacate, uva, banana e laranja são a frutas mais cultivadas no município, contribuindo com o microclima para o café e também oferecendo alternativa para áreas com relevo irregular onde a colheita mecanizada não entra.

Veja também:

Com o preço do café em baixa, produtores investem na produção de uva

Produtores de café, saiba como aumentar a renda com a cultura da uva

Notícias Relacionadas:

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Em São Paulo, o mercado de suínos está aquecido e com preços vantajosos ao produtor

Veja quais são as principais doenças que afetam o gado de leite

Pecuária de leite: veja como manter atividades mesmo com altas nos insumos

A escassez de chuvas e baixa nos reservatórios também dificultam a manutenção dos rebanhos

6 alimentos da roça ideais para consumir no inverno

6 alimentos da roça ideais para consumir no inverno

No período mais frio do ano, aposte em comidas que te ajudam a evitar doenças como gripes e resfriados