Fornecedores de cana pedem apoio para o Setor

Em crise, Setor pede garantia de remuneração aos produtores de cana-de-açucar

cana-de-acucar-como-fonte-de-energia

Por Tobias Ferraz
O período de quarentena para evitar o avanço de contágio pelo novo coronavírus coincidiu com o início da safra da cana no Centro-sul. Na região central do estado de São Paulo, algumas usinas estão moendo já há cerca de 30 dias.

O município de Bebedouro tem forte expressão canavieira, e com queda no consumo dos combustíveis, os fornecedores de cana estão preocupados com a continuidade da safra. José Osvaldo Junqueira Franco, presidente do Sindicato Rural de Bebedouro relaciona três medidas que o setor está pedindo para o governo federal – “Já encaminhamos para a CNA três medidas de apoio para o setor canavieiro neste momento: redução da CIDE-Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico, que hoje é de R$0,10 por litro de etanol, eliminação do PIS/Cofins e abertura de linha de crédito para as usinas estocarem o etanol.” – afirma o presidente do Sindicato Rural de Bebedouro.

José Osvaldo ainda destacou que o momento pede cautela – “É um momento para o diálogo.” – recomenda.

Veja a entrevista completa:

Notícias Relacionadas:

SENAR-SP: curso de artesanato com folhas gera oportunidades a produtores

SENAR-SP: curso de artesanato com folhas gera oportunidades a produtores

Além de trazer uma nova fonte de renda para o meio rural, programa de ensino proporciona o resgate cultural às regiões

SENAR-SP explica o que fazer para obter mais vacas em lactação

SENAR-SP explica o que fazer para obter mais vacas em lactação

Número de animais em condições para produção de leite determina rendimento da propriedade

Saiba como conseguir qualidade em cafés naturais

Saiba como conseguir qualidade em cafés naturais

Com a safra castigada pela estiagem do ano anterior, agricultor precisa extrair produtos de alto nível para melhorar renda