Cresce a infestação da mosca-do-estábulo no interior de SP

Secretaria de agricultura publicou resolução com recomendações de manejo para usinas e pecuaristas, mas o problema persiste no estado

Foto: PixaBay

O fim da queima da palhada da cana-de-açúcar fez aumentar a infestação da mosca-dos-estábulo, gerando prejuízos aos pecuaristas paulistas. Isso porque o acúmulo de matéria orgânica, como a palhada e a vinhaça, favorece a reprodução da mosca. A Secretaria de Agricultura do estado de São Paulo até publicou uma resolução com recomendações de manejo para pecuaristas e usinas, mas o problema persiste. A equipe do projeto Família Nação Agro esteve no município de Mirante do Paranapanema e mostra a situação por lá.

 

A Resolução nº 38, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP, traz orientações para o controle da mosca-dos-estábulos nas propriedades rurais. Para ler a íntegra do texto, clique aqui.

Notícias Relacionadas:

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Em São Paulo, o mercado de suínos está aquecido e com preços vantajosos ao produtor

Veja quais são as principais doenças que afetam o gado de leite

Pecuária de leite: veja como manter atividades mesmo com altas nos insumos

A escassez de chuvas e baixa nos reservatórios também dificultam a manutenção dos rebanhos

6 alimentos da roça ideais para consumir no inverno

6 alimentos da roça ideais para consumir no inverno

No período mais frio do ano, aposte em comidas que te ajudam a evitar doenças como gripes e resfriados