Cresce a infestação da mosca-do-estábulo no interior de SP

Secretaria de agricultura publicou resolução com recomendações de manejo para usinas e pecuaristas, mas o problema persiste no estado

Foto: PixaBay

O fim da queima da palhada da cana-de-açúcar fez aumentar a infestação da mosca-dos-estábulo, gerando prejuízos aos pecuaristas paulistas. Isso porque o acúmulo de matéria orgânica, como a palhada e a vinhaça, favorece a reprodução da mosca. A Secretaria de Agricultura do estado de São Paulo até publicou uma resolução com recomendações de manejo para pecuaristas e usinas, mas o problema persiste. A equipe do projeto Família Nação Agro esteve no município de Mirante do Paranapanema e mostra a situação por lá.

 

A Resolução nº 38, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP, traz orientações para o controle da mosca-dos-estábulos nas propriedades rurais. Para ler a íntegra do texto, clique aqui.

Notícias Relacionadas:

Confira 4 passos para fazer compostagem na sua propriedade

Confira 4 passos para fazer compostagem na sua propriedade

Reaproveitando lixo orgânico de casa, você pode gerar material rico em nutrientes para o solo

SENAR-SP: curso de artesanato com folhas gera oportunidades a produtores

SENAR-SP: curso de artesanato com folhas gera oportunidades a produtores

Além de trazer uma nova fonte de renda para o meio rural, programa de ensino proporciona o resgate cultural às regiões

SENAR-SP explica o que fazer para obter mais vacas em lactação

SENAR-SP explica o que fazer para obter mais vacas em lactação

Número de animais em condições para produção de leite determina rendimento da propriedade