Covid -19: Feiras livres e sacolões recebem manual de boas práticas

Manuais para efetivar ações contra a disseminação do coronavírus devem ser distribuídas aos trabalhadores do setor, garante Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP

feira

 Em transmissão ao vivo no instagram @familinacaoagro, o presidente do Sebrae-SP e vice-presidente do Faesp, Tirso Meirelles, adiantou as ações que estão sendo tomadas por parte do Comitê Permanente de Abastecimento, criado para garantir a segurança alimentar da população no período de combate ao covid-19. Tirso comenta sobre as medidas tomadas no Ceagesp que concentra 40% do abastecimento das feiras livres. “Foram tomadas todas as medidas necessárias. E ao mesmo tempo estamos orientando para que feirantes e varejista, para que aquele quer comprar via delivery e whats, nós também estamos orientando para trabalhar nesse sentido”, afirmou o presidente do Sebra-SP. Além das medidas internas como protocolo de limpeza e armazenamentos panfletos foram elaborados para orientar os feirantes.

No mesmo dia foi publicado no Diário Oficial, a resolução que apresenta manuais para efetivar ações contra a disseminação do coronavírus. Panfletos e cartilhas com orientações das boas práticas devem ser distribuídas aos trabalhadores do setor. “Essas são algumas ações que estamos adotando aqui em SP para garantir o funcionamento de toda a cadeia do agronegócio, na qualidade de atividade essencial para a população, para a economia e para a saúde. Temos defendido e tomado medidas para apoiar o setor, mantendo a geração de renda e empregos, e, ao mesmo tempo, zelando pela segurança e saúde de todos que atuam nessas atividades e dos próprios consumidores”, destacou o secretário de Agricultura e Abastecimento Gustavo Junqueira.

 

Abaixo você confere a cartilha na íntegra:



Notícias Relacionadas:

Produtores buscam capacitação para diversificar turismo rural em Ubatuba

Em Dia de Campo Seguro, agricultores revelaram interesse em cursos de profissionalização em artesanato e gastronomia

Vacinação de bovinos e bubalinos contra febre aftosa

Campanha de vacinação contra febre aftosa começa em 1º de novembro

Devem ser vacinados bovinos e bubalinos com idades entre 0 e 24 meses

Parreiras em Itobi são opção de turismo rural

Sebrae-SP dá dicas para produtor arrecadar com turismo rural

Em Itobi (SP), Dia de Campo Seguro mostrou opções de atividades para produtor aumentar a renda de sua propriedade com turismo rural