Colheita da uva niágara caminha pra final e caqui perde no pé

No Circuito das Frutas paulista, produtores se reinventam para escoar a produção

banner-conheca-louveira-uva-niagara

Na transmissão ao vivo desta quarta-feira conversamos com o Wilson Tomaseto, presidente do Sindicato Rural de Indaiatuba, município de forte produção de frutas.

De acordo com Tomaseto, o município vive a terceira fase da colheita da uva, que pode durar mais 50 ou 60 dias – “Estamos com uma super produção e com qualidade na uva, os cachos formaram bem e a qualidade superior. Hoje estamos vendendo por R$3,50 o quilo, em média, é um bom valor.¨” – destaca Tomaseto.

Com o mercado do caqui a comercialização está mais complicada, também pelo excesso de oferta e o produtor está perdendo os frutos no pomar. Na Ceagesp o quilo de caqui oscila entre R$1,07 e R$5,24 dependendo da variedade e classificação.

Tomaseto destaca também dificuldades para renegociação das dívidas dos produtores – “Precisamos orientar melhor o produtor sobre as regras na negociação. Não podemos aceitar a renegociação de um contrato que cobra 4% de juros ao ano, para uma renegociação a 2% ao mês.” – desabafa o líder sindical.

Assista entrevista completa:

Notícias Relacionadas:

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Abraleite negocia revogação do ICMS sobre o leite pasteurizado

Caso a medida não seja removida, aproximadamente 6 mil produtores paulistas serão afetados com o aumento dos custos

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

Em 1º de fevereiro, entra em vigor a Instrução Normativa nº 1 que traz normas para produção de folhosas, inflorescência e condimentais

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Dentre os produtos aprovados, três são ingredientes ativos inéditos e os demais já são usados no país