Geadas comprometem próximas safras de café em São Paulo

Em Caconde (SP), uma propriedade teve sua lavoura reduzida em 10% por conta dos efeitos da geada

Em Caconde, produtores aguardam auxílio após terem cafezais queimados pelas geadas

Na região da Alta Mogiana, grande polo produtor de café especial, o efeito da geada tem nome e sobrenome: tristeza e prejuízo. Até as touceiras de bambu têm as folhas queimadas pelo frio. Em Caconde (SP), a propriedade em que trabalham Daniela e Tiago Pereira tem na lavoura da nova safra a estimativa de apenas 10% de frutos no pé, por conta do frio intenso.

“É uma judiação, né? A gente vê um café novo desse e acontecer uma coisa dessas… Dá dó, né?”, lamenta Tiago. Segundo Ademar Pereira, presidente do sindicato rural de Caconde, os cafeicultores estavam ansiosos pelo pacote de medidas de apoio anunciado pelo governo estadual na quinta-feira, 12.

Veja mais efeitos da geada nas plantações de café:

Notícias Relacionadas:

São Paulo deve receber chuvas em sequência até início de junho

São Paulo: início da primavera será marcado por retorno das chuvas

De acordo com a Somar Meteorologia, a expectativa é de que alguns municípios recebam mais de 25 milímetros

cesta de orgânicos organizar a cadeia

SENAR-SP disponibiliza 5 cursos para manejo de orgânicos

Atendendo as necessidades dos produtores, agricultura orgânica une ciência e tradição em cultivo sem produtos sintéticos

6 dicas para melhorar a segurança da sua propriedade

6 dicas para melhorar a segurança da sua propriedade

Comandante da Polícia Militar mostra como medidas simples podem aumentar a proteção do produtor rural