Sem autorização para vender produtos de origem animal, produtor se diz humilhado

Produtor de leite espera há 8 anos a implementação do Serviço de Inspeção Municipal na cidade de Conchas

Fonte: Pixa Bay

Centenas de produtores do interior de São Paulo são obrigados a trabalhar na informalidade por que não têm autorização para vender produtos de origem animal. O pecuarista “Nelinho”, que faz queijo minas frescal no município de Conchas, espera há 8 anos que a prefeitura implemente o Serviço de Inspeção Municipal (SIM). A equipe da Família Nação Agro conversou com a Coordenadoria de Defesa Animal do estado, que afirma que o decreto que regula esse tipo de produto foi renovado e que está sendo analisado pelo novo governo. Veja a notícia completa no vídeo.

Notícias Relacionadas:

Carrapato do bovino: saiba o que é preciso para um controle efetivo do parasita no rebanho leiteiro

Carrapato do bovino: saiba o que é preciso para um controle efetivo do parasita no rebanho leiteiro

Secretaria de Agricultura orienta pecuaristas e desenvolve estudos para controle do carrapato com o uso de produto natural e controle biológico

Cafés especiais proporcionam inúmeras experiências sensoriais aos consumidores

Cafés especiais proporcionam inúmeras experiências sensoriais aos consumidores

De olho no mercado de café, cafeicultores brasileiros vêm investindo na produção de cafés especiais em busca de maior retorno financeiro

FAESP busca isenção de ICMS para leite

FAESP busca isenção de ICMS para leite

A saída do produto cru e pasteurizado, que era isenta, passará a ser tributada em 4,14%