queijo TR

Burocracia impede pequeno produtor de vender produtos de origem animal

Produtor de leite espera há 8 anos a implementação do Serviço de Inspeção Municipal na cidade de Conchas

Centenas de produtores do interior de São Paulo são obrigados a trabalhar na informalidade por que não têm autorização para vender produtos de origem animal. O pecuarista “Nelinho”, que faz queijo minas frescal no município de Conchas, espera há 8 anos que a prefeitura implemente o Serviço de Inspeção Municipal (SIM). A equipe da Família Nação Agro conversou com a Coordenadoria de Defesa Animal do estado, que afirma que o decreto que regula esse tipo de produto foi renovado e que está sendo analisado pelo novo governo. Veja a notícia completa no vídeo.

Notícias Relacionadas:

pé de abacateiro para polinização do abacate

Polinização com abelhas aumenta produtividade do abacate

A técnica da polinização garante qualidade na produção do abacate, mesmo em período de seca; tema faz parte do Dia de Campo

Fábio Meirelles foi releito presidente da Faesp

DIA 10 DE JULHO: HOMENAGEM AO PRESIDENTE FÁBIO MEIRELLES

Repetindo o seu lema: PLANTE, CULTIVE E COLHA A PAZ

Própolis auxilia na imunidade e demanda cresce durante pandemia

O produto misturado ao mel tem ação antibactericida; com o mercado aquecido, produtores devem buscar capacitação técnica para aumentar a produção