Burocracia impede pequeno produtor de vender produtos de origem animal

Produtor de leite espera há 8 anos a implementação do Serviço de Inspeção Municipal na cidade de Conchas

queijo como nicho de mercado

Centenas de produtores do interior de São Paulo são obrigados a trabalhar na informalidade por que não têm autorização para vender produtos de origem animal. O pecuarista “Nelinho”, que faz queijo minas frescal no município de Conchas, espera há 8 anos que a prefeitura implemente o Serviço de Inspeção Municipal (SIM). A equipe da Família Nação Agro conversou com a Coordenadoria de Defesa Animal do estado, que afirma que o decreto que regula esse tipo de produto foi renovado e que está sendo analisado pelo novo governo. Veja a notícia completa no vídeo.

Notícias Relacionadas:

Grupo Interministerial irá elaborar Plano Nacional de Fertilizantes

Grupo Interministerial irá elaborar Plano Nacional de Fertilizantes

O plano tem o objetivo de aumentar a produção e oferta de fertilizantes nacionais, além de reduzir a dependência dos produtos importados

São Paulo registra novo recorde com 99,9% de bovídeos vacinados contra a febre aftosa

Febre aftosa: São Paulo registra novo recorde com 99,9% de bovídeos vacinados

Na campanha realizada em novembro foram vacinados bovinos e bubalinos com até 2 anos de idade

467 anos de São Paulo: Cidade contribui para o desenvolvimento sustentável do agro paulista

467 anos de São Paulo: Cidade contribui para o desenvolvimento sustentável do agro paulista

Cidade de muitas culturas, centro econômico do País, polo da indústria de negócios, SP exerce grande influência no agronegócio