Brasil prepara plano fitossanitário para enfrentar nova praga da banana

Propriedades que forem detectadas com o fungo serão interditadas

Fonte: Pixarbay

 

Com características parecidas com “Mal do Panamá” ou “Fusariose da bananeira”, a denominada Fusarium oxysporumf.spcubense “raça 4 tropical”,  é um fungo mais agressivo para bananicultura. Não houve resultados positivos com manejos  químicos e outros produtos para controle da praga.  No Diário Oficial da União desta terça-feira (9) , foi publicada a Instrução Normativa nº 30, que seja incluída no  Programa Nacional de Prevenção e Vigilância de Pragas Quarentenárias Ausentes,  a espécie da Raça 4 Tropical.

A preocupação é em prevenir a entrada da praga nos campos brasileiros.  O plano estabelece diversas diretrizes de prevenção para evitar a entrada da praga. Entre as ações estão a fiscalização e o controle de trânsito em portos, aeroportos e postos de fronteira, investigação de espécies suspeitas e interdição de propriedades que apresentam confirmação da praga. Outras formas de prevenção poderão ser aplicadas, como educação fitossanitária e ações de contenção.  “O fomento à educação fitossanitária que deverá ser implementado com o apoio do setor produtivo junto a produtores, técnicos e população em geral”, destaca a auditora fiscal federal agropecuária, Juliana Alexandre.

Atualmente a bananicultura representa mais de 6,9 milhões de toneladas, com maior concentração na região nordeste.

 

Fonte: Mapa

 

 

Notícias Relacionadas:

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Publicados registros de 32 produtos técnicos para defensivos agrícolas

Dentre os produtos aprovados, três são ingredientes ativos inéditos e os demais já são usados no país

Jardim sensorial oferece contato com a natureza e estímulo de sentidos; saiba como montar o seu

Jardim sensorial oferece contato com a natureza e estímulo de sentidos; saiba como montar o seu

Segundo a engenheira agrônoma Maria Cláudia Silva Garcia Blanco, esses espaços estimulam a visão, tato, olfato, paladar e audição

Com o aumento das chuvas, produtores devem ficar atentos a casos de leptospirose bovina

Com o aumento das chuvas, produtores devem ficar atentos a casos de leptospirose bovina

A intensificação das chuvas nesse período é propícia para a proliferação de diferentes microrganismos causadores de doenças