Brasil firma acordo para exportação de ovos e arroz ao México

Parceria prevê o ingresso de 75 mil toneladas de produtos brasileiros no mercado mexicano ao longo de 2021

Brasil firma acordo para exportação de ovos e arroz ao México

O governo brasileiro recebeu de autoridades mexicanas a aprovação do Certificado Zoossanitário Internacional proposto para a exportação de ovos de aves, subprodutos e partes. Com isso, abrem-se as portas do mercado mexicano às exportações brasileiras desses produtos.

O México também abriu quota tarifária plurianual para a importação de arroz com casca. O volume do produto autorizado a ingressar com tarifa zero é de 30 mil toneladas até 31/12/2020 e de 75 mil toneladas no período de 1/1/2021 a 31/12/2021.

Segundo o Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), o Brasil exportou para o mundo quase USD 4,8 milhões em ovos frescos de aves e USD 5,1 milhões em seus subprodutos e partes. Além disso, o país vendeu internacionalmente USD 59 milhões em ovos férteis para incubadora, sendo USD 7,9 milhões para o México.

De acordo com os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e das Relações Exteriores, “o maior alcance das exportações brasileiras de ovos e derivados e de arroz com casca no mercado mexicano representa mais oportunidades para o agronegócio nacional, cujos produtos ocupam crescente espaço na pauta comercial entre Brasil e México”.

Notícias Relacionadas:

Isenção de ICMS garante atividades do agro e estabilidade dos preços de alimentos, diz FAESP

Isenção de ICMS garante atividades do agro e estabilidade dos preços de alimentos, diz FAESP

A revogação do aumento de ICMS oficializada hoje, 15, pelo governo paulista foi recebida positivamente pela entidade

Após protesto na CEAGESP, governo paulista revoga aumento de ICMS sobre o agro

Governo paulista revoga aumento de ICMS sobre o agro após pressão do setor

A revogação foi publicada nesta sexta-feira, 15, no Diário Oficial, em três novos decretos

Lichia: fonte de Vitamina C, fruta pode ser apreciada até o final de janeiro

Lichia: fonte de Vitamina C, fruta pode ser apreciada até o final de janeiro

Saborosa e nutritiva, lichia tem sido apontada como um bom investimento para o futuro