Anater oferece curso online para agentes de assistência técnica e extensão rural

Profissionais recebem treinamento sobre o Programa Produzir Brasil, que leva assistência técnica a assentados da reforma agrária

Anater oferece curso online para agentes de assistência técnica e extensão rural

Cerca de 90 agentes de Ater (Assistência Técnica e Extensão Rural) participam nesta semana do curso de formação a distância do Programa Produzir Brasil, ministrado pela Anater (Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural). A programação iniciou segunda-feira, 14, e segue até a próxima sexta-feira, 18.

No curso, são apresentadas as diferentes abordagens que os profissionais precisam dominar para assistir os agricultores assentados da reforma agrária. Os participantes do curso são vinculados à Emater-GO (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Goiás).

O curso conta com instrutores da Anater, do Mapa e do Incra, abordando temas como: Regularização Fundiária, Crédito, Ater Digital, DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf) para Assentados, PAA (Programa de Aquisição Alimentar) e PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) são temas da grade.

“É preciso conhecer a fundo as políticas públicas que estão sendo trabalhadas e aplicar cada programa ou projeto de acordo com as diretrizes do Mapa e da diretoria-executiva da Anater. O feedback do aprendizado é bastante positivo, uma vez que o conteúdo é focado nos pontos que os agentes têm mais dificuldade. Assim, nós aprofundamos para nivelar os técnicos”, explicou o gerente de Gestão de Ater e Formação da Anater, Leonardo Vieira.

Produzir Brasil

O Produzir Brasil foi lançado em novembro, em um assentamento no interior de Goiás. Primeiramente, irá alcançar cerca de 4 mil famílias da região Centro-Oeste que receberam o título de posse rural. Foi firmado um convênio no valor total de R$ 7,84 milhões entre a Anater e a Emater-GO.

Sob governança do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), a Anater atua em parceria com o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária). A iniciativa permite que as famílias, ao conquistarem o documento de titulação, recebam assistência técnica para gerar renda e independência financeira onde vivem.

Ensino a Distância (EaD)

Desde setembro, mais de 700 agentes já foram capacitados e a previsão é finalizar o ano com cerca de 900 alunos da nova modalidade de ensino.

Entre os dias 7 e 10 deste mês, o PDHC (Programa Dom Helder Câmara) foi ministrado para técnicos vinculados às unidades de assistência técnica da Paraíba, do Ceará e de Minas Gerais.

O EaD (Ensino à Distância) é realizado em parceria com o Mapa, o Ministério da Cidadania e o FIDA (Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola). Instrutores de ambos os órgãos também participam para ministrar conteúdo e fortalecer as políticas públicas do setor com a Anater.

Até o momento, foram aplicados dez cursos, envolvendo 40 empresas credenciadas com os seguintes programas: o PDHC, o Programa de Diversificação da Cultura do Tabaco, o Programa Ater Mais Gestão, o PNCF (Programa Nacional de Crédito Fundiário) e o PCTRF (Programa Cadastro de Terras e Regularização Fundiária). O Produzir Brasil irá completar a grade de capacitação. Todos os cursos possuem 40 horas de formação.

Via Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento)

Notícias Relacionadas:

Confira 4 passos para fazer compostagem na sua propriedade

Confira 4 passos para fazer compostagem na sua propriedade

Reaproveitando lixo orgânico de casa, você pode gerar material rico em nutrientes para o solo

SENAR-SP: curso de artesanato com folhas gera oportunidades a produtores

SENAR-SP: curso de artesanato com folhas gera oportunidades a produtores

Além de trazer uma nova fonte de renda para o meio rural, programa de ensino proporciona o resgate cultural às regiões

SENAR-SP explica o que fazer para obter mais vacas em lactação

SENAR-SP explica o que fazer para obter mais vacas em lactação

Número de animais em condições para produção de leite determina rendimento da propriedade