Pesquisa revela o perfil de consumo de frutas e verduras do brasileiro

Sabor, consistência e aroma foram questionados, mas o setor ainda possui grande potencial de crescimento

Foto: PixaBay

Pessoas acima dos 50 anos comem mais verduras e as com maior poder aquisitivo consomem mais frutas. A afirmação é de uma pesquisa realizada pela CNA (Confederação Nacional da Agricultura), que entrevistou 1.420 pessoas entre 20 e 79 anos, de todas as classes sociais e das cinco regiões brasileiras, para conhecer os hábitos de alimentação do brasileiro.

A enquete ainda revela que os brasileiros consomem poucos vegetais frescos fora de casa, o que mostra a necessidade de melhorias na apresentação de frutas, legumes e verduras em restaurantes e lanchonetes. Outra informação importante registrada pela pesquisa é a insatisfação do consumidor com a qualidade dos alimentos.  Sabor, consistência e aroma foram questionados, o que pode indicar problemas no ponto de maturação das frutas e legumes.

A pesquisa é uma base de estudo para a construção de uma campanha para incentivar a população a consumir mais frutas, verduras e legumes fresco. Isso porque o brasileiro come muito pouco desses alimentos quando comparado com a população de outros países.

Foto: PixaBay

A campanha de incentivo se mostra ainda mais necessária quando a pesquisa revela dados preocupantes com a saúde do brasileiro. Pelo menos 11% dos domicílios possuem pessoas com hipertensão, 6% têm diabetes, 16% dos lares têm obesidade e 34% estão acima do peso, sem contar os brasileiros com problemas de desnutrição.

Rastreabilidade – Apesar da exigência do consumidor, a pesquisa indica um futuro promissor para o setor de Frutas, Legumes e Verduras. Por outro lado, aumenta a responsabilidade dos produtores com a segurança dos produtos oferecidos. O consumidor atual quer alimentos livres de agrotóxicos e produzidos em harmonia com o meio ambiente e com respeito às leis trabalhistas. A Instrução Normativa sobre a Rastreabilidade dos Vegetais Frescos, em vigor desde agosto do ano passado, é apontado como um importante instrumento para o produtor rural mostrar que os alimentos são seguros e de alta qualidade.

Notícias Relacionadas:

3 lições que o SENAR-SP dá a jovens empreendedores rurais

3 lições que o SENAR-SP dá a jovens empreendedores rurais

Programa oferece conhecimentos sobre educação socioambiental, convivência profissional e negócios

Sindicato rural de Cruzeiro celebra capacitação de produtores para turismo rural

Sindicato rural de Cruzeiro celebra capacitação de produtores para turismo rural

Caravana no município paulista ofereceu dicas sobre marketing no turismo rural e soluções digitais

Turismo rural: caravana ensina a alcançar visitantes com marketing da propriedade

Segundo consultor do Sebrae-SP, 76% dos turistas consideram importante soluções digitais no turismo rural