Acordo entre Sindicafé-SP e Abics pretende estimular consumo de solúvel

Com a iniciativa inédita, produção de café solúvel estima um crescimento de 5% ao ano

acordo-sindicafe-abics

O Sindicato da Indústria de Café do Estado de São Paulo (Sindicafé-SP) e a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics) firmaram nesta terça-feira, 27, um acordo de cooperação técnica para adotar ações de interesses comuns entre as entidades. Com a iniciativa, indústria de café solúvel estima crescimento de 5% ao ano.

Diretor de relações institucionais do Sindicafé-SP, Aguinaldo José de Lima ressalta a necessidade da indústria em aumentar o consumo de café solúvel no Brasil, atualmente o maior produtor e exportador de café do mundo e segundo maior consumidor. “No Brasil, apenas 5% do café consumido é solúvel. No resto do mundo, esse número é de 30%”.

Por isso, o acordo buscará ampliar o portfólio de produtos para as indústrias de solúvel e torrefação e moagem, agregando mais valor e estimulando o consumo.

A cooperação prevê incorporação o módulo de capacitação em café solúvel, com a metodologia da Abics, nos cursos de baristas do Centro de Preparação de Café (CPC) do Sindicafé-SP, e desenvolvimento de receitas de gastronomia e bebidas com café solúvel para aplicação em cafeterias.

Além disso, de acordo com Lima, a parceria irá organizar eventos de promoção e divulgação do café solúvel. “O setor cafeeiro deve receber uma demanda maior se nossas campanhas tiverem sucesso”, disse. Com o aumento nas atividades da cadeia, o diretor do Sindicafé-SP espera que o produtor rural alcance maior valorização.

Notícias Relacionadas:

Mapa registra 21 produtos técnicos genéricos para uso na formulação de defensivos

Mapa registra 21 produtos técnicos genéricos para uso na formulação de defensivos

Por se tratar de produtos técnicos, nenhum dos ingredientes registrados estarão disponíveis para compra pelos agricultores

Prohort mostra variação de preços das frutas em novembro

Prohort mostra variação de preços das frutas em novembro

O 11º Boletim Prohort da Conab indica estabilidade nos preços no atacado, em novembro, das frutas mais consumidas pelos brasileiros

Nova plataforma viabiliza venda direta de produtos do agronegócio

O Armazém Rural SP surge da necessidade do homem do campo em aproximar seus produtos do consumidor final