A vaca do futuro virá da genética girolando

Dentre as diversas características de funcionalidade do gado girolando pode-se destacar a produtividade, a rusticidade, a precocidade, a longevidade e a fertilidade, além da alta capacidade de adaptação a diferentes tipos de manejo e clima

vaca girolano no rebanho

Os trabalhos de tropicalização da agricultura e da pecuária não param. Esse tem sido o papel da Embrapa desde a sua criação na década de 1970. A busca por animais adaptados e eficientes para os trópicos vem de longe. Para a produção de leite, o cruzamento das raças europeias com as zebuínas vem sendo testada há décadas. A eficiência da raça holandesa com a rusticidade das zebuínas encontrou no girolando uma ferramenta que deu certo. Os primeiros experimentos começaram por volta de 1940 e 1950.

Com as ferramentas da engenharia genética e uso da informática é possível acelerar o melhoramento genético. De acordo com o pesquisador Marcos Vinícius, da Embrapa Gado de Leite a “vaca do futuro” virá de algum grau de sangue girolando.

Acompanhe a entrevista ao jornalista Tobias Ferraz.

Notícias Relacionadas:

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Conheça 4 doenças que mais atingem suínos

Em São Paulo, o mercado de suínos está aquecido e com preços vantajosos ao produtor

Veja quais são as principais doenças que afetam o gado de leite

Pecuária de leite: veja como manter atividades mesmo com altas nos insumos

A escassez de chuvas e baixa nos reservatórios também dificultam a manutenção dos rebanhos

6 alimentos da roça ideais para consumir no inverno

6 alimentos da roça ideais para consumir no inverno

No período mais frio do ano, aposte em comidas que te ajudam a evitar doenças como gripes e resfriados